Ganho do grupo segurador avança 16% no primeiro semestre

Houve evolução positiva nos resultados de quase todas as linhas de negócios.

Crescimento em quase todas as linhas de negócios como: saúde, auto, vida e capitalização

O Grupo Bradesco Seguros, conglomerado segurador da Organização Bradesco, teve lucro líquido de R$ 3,65 bilhões no primeiro semestre de 2019, nos segmentos de Seguros, Capitalização e Previdência Complementar Aberta. Houve evolução positiva nos resultados de quase todas as linhas de negócios: Saúde, 80,5%; Auto/RE, 65%; Vida, 15,5%; e Capitalização, 9,1%. Já o Retorno Sobre o Patrimônio Líquido atingiu 23,6%, ante 19,6% no 1º semestre de 2018.

O presidente do Grupo Bradesco Seguros, Vinicius Albernaz, disse que o resultado reflete a estratégia apoiada em vantagens competitivas do Grupo Segurador, como a atuação multilinha e a sinergia com o Bradesco. “Nos garante presença em todo o território nacional, amplificando sobremaneira nossa capilaridade", destaca.

O resultado, que representa expansão de 16% em relação ao obtido em igual período de 2018, foi influenciado, entre outros fatores, pelo crescimento das Operações de Seguros, Previdência e Capitalização, a melhora dos principais indicadores de desempenho do Grupo Segurador, em especial dos Índices de Sinistralidade e Combinado, o aumento do Resultado Financeiro, de 9,0% no semestre, e a redução de 2,3% das despesas administrativas.

O Resultado das Operações de Seguros, Previdência e Capitalização do Grupo Segurador atingiu R$ 7,4 bilhões no 1º semestre de 2019, o que representou crescimento de 16,9% na comparação com igual período de 2018.

De acordo com o balanço, os indicadores de desempenho, o Índice de Sinistralidade consolidado do Grupo registrou melhora de 3,9 pontos percentuais no primeiro semestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado, ficando em 70,5%.

Por unidade de negócio, os melhores resultados em sinistralidade ocorreram nos segmentos de Saúde e de Vida e Previdência, ambos com expressiva queda de 4,5 pontos percentuais.

 

Mudanças

 

Em Saúde, a melhora se deveu, entre outros fatores, a estratégias voltadas à retenção de clientes e ao atendimento primário; mudança dos modelos de remuneração da rede, visando eficiência e qualidade assistencial; e programas de gerenciamento de beneficiários.

De acordo com o balanço, outro segmento com resultado relevante em termos de Sinistralidade foi o de Auto e Ramos Elementares, com melhora de três pontos percentuais.

Foi o segundo semestre consecutivo de queda da sinistralidade no segmento, que vem se beneficiando de ações como reformulação da governança de aceitação de propostas e regulação de sinistros; investimento em tecnologia para aprimoramento dos modelos de precificação; revisão do mix de produtos; e automação de processos.

Esse bom desempenho se refletiu no Índice Combinado do Grupo, que registrou melhora de 2,7 pontos percentuais em relação ao primeiro semestre de 2018. O movimento favorável ocorreu em todas as linhas de negócios, na comparação semestral.

Complementando as principais informações do Grupo, as Provisões Técnicas ultrapassaram R$ 265 bilhões, correspondentes a cerca de 25% do total do mercado segurador, e os Ativos Financeiros superaram R$ 300 bilhões. Outro dado relevante foi o valor pago em indenizações, resgates, benefícios e sorteios, de R$ 29,2 bilhões, o que corresponde a R$ 233 milhões por dia útil.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Indústria da hipertensão e diagnóstico por imagem movimentará R$ 22 bi

Foram realizados cerca de 55,6 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares.

Receita apreende mercadorias piratas avaliadas em R$ 1 milhão

Foram apreendidos na operação 170 volumes de mercadorias englobando videogames e acessórios, roteadores, entre outros.

Prorrogada a CPI dos royalties do Rio por 30 dias

Prorrogação do prazo se deve à complexidade da matéria e aos vários documentos requisitados que ainda estão sendo recebidos pela comissão.

Governo dos EUA se prepara para paralisação na semana que vem

Em outra frente de luta, líder democrata Nancy Pelosi anuncia acordo sobre pacote de Biden.

Alimentos são direito, não mercadoria, diz ONU

Três bilhões de pessoas não podem pagar uma dieta saudável.