27.4 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

Ganhos e perdas

As despesas com saúde provocadas pelos malefícios do álcool na União Européia são estimadas em 125 bilhões de euros por ano, quantia três vezes superior aos impostos que a indústria de bebidas paga. Estima-se que 115 mil pessoas morrem anualmente na Europa devido a problemas trazidos pela ingestão excessiva de álcool. Por esses motivos, cresce o movimento europeu para que a indústria arque com parte dos gastos, além de ser obrigada a mudar rótulos e propagandas de bebidas, com mensagens sobre saúde.

Imperdível
Com Formação Econômica do Brasil, a Companhia das Letras inicia a republicação dos livros mais significativos de Celso Furtado. Com prefácio de Luiz Gonzaga Belluzzo, o livro chega às livrarias este mês. O próximo lançamento será A economia latino-americana.

Rejeitada
O Conselho de Alimentação Escolar (CAE) rejeitou, por quatro votos a zero, a prestação de contas da Secretaria de Educação do Município do Rio de Janeiro na execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), referente ao ano de 2006. Se o parecer do CAE for acatado pelo Ministério da Educação, a prefeitura carioca pode até perder o repasse de quase R$ 34 milhões do PNAE.

TI na Alemanha
A Câmara Americana de Comércio (Amcham) está organizando uma missão comercial para levar empresas brasileiras à CeBit – Feira Internacional de Tecnologia de Informação, Telecomunicações, Softwares e Serviços, em Hanover, na Alemanha. A edição deste ano acontece de 15 a 21 de março. Para integrar a missão, os interessados devem entrar em contato com o departamento de Relações Internacionais da Amcham, pelo e-mail feirasemissoes@amcham.com.br, ou pelos telefones (11) 5180-3757 e 5180-3774.

Eficiência
A Light pretende investir, anualmente, algo em torno de R$ 15 milhões com projetos que busquem eficiência no uso da energia elétrica, incluindo-se entre os clientes grandes condomínios comerciais e residenciais do Rio. A preocupação com o consumo racional levou o Secovi Rio, que representa 31 mil condomínios no estado, a programar uma série de palestras gratuitas para administradores de edifícios, em parceria com a distribuidora de energia, a Aneel e a Fecomércio, começando neste mês. Medidas relativamente simples, como troca de lâmpadas, instalação de sensores de presença, troca do ar-condicionado e até pintura adequada das paredes podem reduzir o consumo em até 30%.

Sustentável
Acaba de ser criado o Instituto para o Desenvolvimento das Energias Alternativas da América Latina (Ideal), com foco em agroenergia, biocombustíveis e energias renováveis. Segundo Mauro Passos, presidente da entidade, que terá sede em Florianópolis (SC), o Ideal nasce com o propósito de criar um grande movimento em defesa das energias renováveis e da eficiência energética no continente, para que se estabeleça uma política de integração energética regional comprometida com o futuro da humanidade. “Estamos ainda muito atrasados, se compararmos o que já foi feito na Europa. E nosso potencial é extraordinariamente maior, tanto pela insolação, quanto pela quantidade dos ventos e a produção agrícola.”

Porta
O Consulado Geral da Suíça realiza, dia 15 de março, em São Paulo, o seminário “Suíça, sua porta de entrada para os Mercados Europeus”, que contará com a participação de especialistas e profissionais da área tributária e de investimentos. Eles apresentarão as oportunidades que pessoas físicas e empresas brasileiras interessadas em fazer negócios na Europa e em âmbito global adquirem ao estabelecer presença na Suíça. Mais informações pelo telefone (11) 3372-8208.

Nova Petros
A Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) irá debater, no próximo dia 26, em audiência pública presidida pelo líder do PDT, deputado Paulo Ramos, a proposta de repactuação do Fundo de Pensão dos Petroleiros (Petros). A proposta, feita pela Petrobras, deve atingir tanto funcionários ativos quanto aposentados. Segundo os trabalhadores, significará perda de diversos direitos adquiridos. A repactuação encerrará o contrato atual entre cada petroleiro e a Petros, com a assinatura de um novo.

Artigo anteriorRir de quê?
Próximo artigoOutra globalização
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.