30.7 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 24, 2021

Garfada continuada

A indústria de fundos de renda fixo e DI continua sofrer perdas nominais, remetendo seus aplicadores ao trauma vivido pelo calote aplicado por Armínio Fraga nos aplicadores desses fundos, em 2002. Depois de sofrerem perdas de centavos, quinta-feira, os fundos amargaram prejuízos mais fortes, segunda-feira. Teve investidor de fundo DI de um dos principais bancos privados privados do país que viu seu patrimônio encolher em 0,1% em apenas um dia. A alegação do banco continua a ser que a perda foi provocada pela marcação a mercado. Mas, se era para aplicar em títulos de segunda linha, o investidor teria optado pelo alucinado mundo dos derivativos.

Honoris
O cientista político Theotonio dos Santos, do Conselho Editorial do MM, segue para o Peru, nos próximos dias, para receber o título de Doutor Honoris Causa da Universidade de San Marcus (a decana das Américas). Entre os honrados mais recentemente com o título, encontram-se o escritor Mario Vargas Llosa e o economista Inmanuel Wallerstein. Theotonio é professor visitante da Fundação Getúlio Vargas e membro do Projeto de Pesquisa sobre Administração Pública Brasileira, na mesma instituição, dirigida por Paulo Emílo Martins.

Perdas diminuem
Caiu de 22,14%, percentual registrado em 2005, para 18,83% o índice de perda na área da Ampla, distribuidora de energia elétrica que atende a 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro, que comemora o melhor resultado operacional de sua história. A empresa atribui a melhoria ao polêmico chip instalado no lugar do tradicional relógio, o que teria permitido recuperar R$ 400 milhões em perdas ou furtos. Segundo a Ampla, cerca de 40% dos clientes que têm o chip (instalado ainda em caráter experimental) apresentaram redução nos valores de suas contas nos últimos meses. Órgãos dos consumidores, porém, estão lotados com queixas – provavelmente dos 60% que não tiveram redução na conta…

Lavagem
A SuperPop, máquina de lavar roupas popular produzida pela Mueller Eletrodomésticos, de Timbó (SC), virou notícia no The New York Times, em matéria com o título “Does it have a “Samba” Cycle?”, em alusão aos diferentes ciclos de lavagem da máquina, que se destaca pela facilidade de transporte e estocagem, preço acessível e facilidade de uso. A máquina foi um dos destaques do prêmio Idea, promovido pela Industrial Designers Society of America, entidade que reúne os designers estadunidenses. A Mueller procura um distribuidor naquele país.

Conquista da África
Depois de realizar um trabalho para a Província de Limpopo, a DNMCA, empresa de consultoria e desenvolvimento de negócios, acaba de fechar contrato diretamente com o Governo Federal da África do Sul para desenvolver um levantamento similar ao feito na província, que é medir o desempenho dos serviços básicos prestados à população, como educação, saúde, entre outras áreas. Com base no resultado, o país desenvolverá o planejamento estratégico para os próximos anos, numa espécie de plano piloto. A previsão do projeto completo é de cinco anos, com investimento em torno dos US$ 10 milhões.

AL na telona
O Clube de Engenharia aderiu à parceria da ABI com a Casa da América Latina, responsável pela exibição de um filme latino-americano toda última quinta-feira de cada mês. O Clube vai abrir suas instalações toda terça-feira de outubro para apresentar dois títulos brasileiros, um chileno e um argentino, com sessões sempre às 18h. O Cineclube do Clube de Engenharia fica na Avenida Rio Branco 124/19º andar, no Centro do Rio. Maiores informações pelo telefone é 2178-9200.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.