Gasolina e etanol avançam novamente no início de agosto

Combustíveis seguem acima de R$ 6 e R$ 5, respectivamente, na média nacional dos primeiros dias do mês.

De acordo com o último Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o preço médio da gasolina se manteve acima de R$ 6 na primeira quinzena de agosto, após novo aumento de 1,03%, em relação ao fechamento de julho. O valor médio pago por litro no país foi de R$ 6,068. No caso do etanol, os postos comercializaram o combustível à média de R$ 5,115, alta de 1,45%.

A gasolina mais cara foi comercializada na Região Centro-Oeste, à média de R$ 6,201, após o aumento mais significativo do território nacional, de 1,99%, em relação ao fechamento de julho. No Sul, o preço médio do combustível avançou 1,56%, mas o valor por litro foi o menor do país nessa primeira quinzena do mês, a R$ 5,866. Já o etanol mais caro foi encontrado no Nordeste, a R$ 5,371, onde a maior alta foi registrada, de 1,94%. No Centro-Oeste, mesmo com o aumento de 1,63%, o litro mais barato foi comercializado, à média de R$ 4,731.

No recorte por estados, o Rio de Janeiro apresentou a gasolina mais cara do país, a R$ 6,458. Desde o início do ano, é a primeira vez que o IPTL registra o combustível com valor médio mais alto fora do Acre. O estado com o preço médio mais baixo foi o Amapá, onde os postos comercializaram a gasolina a R$ 5,490.

O maior aumento do preço médio da gasolina foi registrado no Distrito Federal, de 4,04% em relação ao fechamento de julho. No Rio Grande do Norte, houve recuo de 1,46%.

O etanol apresentou o valor médio por litro mais alto no Rio Grande do Sul, a R$ 5,870. O combustível mais barato, por sua vez, foi comercializado em São Paulo, a R$ 4,205. No Acre, os postos registraram o recuo mais significativo do país, de 1,12%. O maior aumento foi encontrado no Piauí, de 4%.

Já levantamento da ValeCard aponta que o preço do litro da gasolina no país subiu 1,13% na primeira quinzena de agosto em comparação com julho. Com a alta, o valor médio do combustível chegou a R$ 6,103. Obtidos por meio do registro das transações realizadas entre os dias 1º e 15 de agosto com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que Amapá (6,72%) e Distrito Federal (4,07%) registraram as maiores altas no período. O único estado a registrar queda no preço na quinzena foi o Rio Grande do Norte (-1,39%).

Entre as capitais, o valor médio do combustível foi de R$ 6,048. Rio de Janeiro (R$ 6,460) e Rio Branco (R$ 6,380) foram as que apresentaram maiores preços na primeira quinzena de agosto. Já os menores valores médios foram encontrados em Curitiba (R$ 5,565) e São Paulo (R$ 5,639).

O preço médio do etanol no país na primeira quinzena de junho foi de R$ 4,429. Apenas em Mato Grosso é vantajoso abastecer os veículos com o combustível em substituição à gasolina – para compensar completar o tanque com etanol, o valor do litro deve ser inferior a 70% do preço da gasolina.

Leia também:

Alimentação: despesa per capita era R$ 209 em 2017-2018

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

‘Estados nunca respeitaram o princípio da seletividade’

Segundo tributarista, lei do ICMS 'nada mais fez do que acompanhar decisão do STF'.

Últimas Notícias

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Presidente do Egito inaugura teste de VLT fabricado na China

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.