Gato

As 64 concessionários de energia elétrica do país irão fechar o ano com perdas em torno de R$ 5 bilhões em função de roubo ou fraude, conforme disse o presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Jerson Kelman. No Rio, os presidentes das quatro principais concessionárias de serviços públicos (Light, Ampla, Cedae e CEG) estimam um prejuízo da ordem de R$ 853 milhões em função de roubo de equipamentos, fraude ou furto de energia ou água. A Cedae estima perdas de cerca de R$ 200 milhões; a Light, R$ 400 milhões; a Ampla, R$ 250 milhões. A CEG – de gás – é a que perde menos, algo em torno de R$ 3 milhões.

Nova direção
Economistas do Corecon-RJ, do Sindecon-RJ e do Centro de Estudos para o Desenvolvimento aprovaram moção de repúdio às “duras críticas que a imprensa vem dirigindo aos recém-nomeados presidente e diretor do Ipea, Márcio Pochmann e João Sicsú”. Diz a nota que a mudança no comando do instituto traduz a nova orientação – “embora ainda tímida e incompleta” – do presidente Lula no sentido de melhorar os resultados obtidos pelo Brasil em termos de desenvolvimento.
“Os quatro economistas desligados do Ipea jamais se colocaram firmemente (o que possivelmente seria sua obrigação) contra o conservadorismo alienante do BC, traduzido, entre outros fatos, nos altíssimos juros, na sobrevalorização do real e na recusa a intervir na livre movimentação do capital estrangeiro especulativo”.

Pensamento único
Para o professor Plínio de Arruda Sampaio Júnior, da Unicamp, o “caráter orquestrado da campanha” contra o presidente do Ipea mostra que a mídia brasileira “funciona como partido do capital financeiro”. O professor, todavia, considera que a reação da imprensa é, ao mesmo tempo, “demonstração de fragilidade”, ao não admitir o debate qualificado. “A reação ideológica e descabida à contribuição de Pochman ao debate revela temor ao debate mais arejado.”

Idade
Países desenvolvidos terão mais do que o dobro de casos de câncer do que os países em desenvolvimento, até 2020. A principal causa é o envelhecimento da população. Este é um dos trabalhos do 2º Congresso Nacional de Controle de Câncer – ICCC/2007, que começa neste domingo, no Rio de Janeiro. O tratamento do câncer em estágios avançados será quase oito vezes mais caro do que a detecção na fase inicial e sete vezes mais dispendioso do que os gastos com ações de prevenção.

Causa nobre
Neste domingo, diversas duplas sertanejas se revezarão em show, a partir das 16h, em benefício dos projetos da ONG Amigos do Bem. O evento terá preços populares e atrações idem: Chitãozinho e Xororó, Rio Negro e Solimões, Zezé di Camargo e Luciano, entre outros.

Aliados, mas…
“Somos aliados, mas claro que temos divergências. O próprio Requião é amigo e companheiro do presidente, mas nada impede que a gente discuta o que fazer para construir o país que queremos.” Assim, o presidente do PMDB do Paraná, deputado Waldyr Pugliesi, definiu o caráter do encontro “O Brasil em Debate”, que reúne, nesta sexta, no Paraná, representantes de diretórios estaduais do partido. Segundo Pugliesi, o principal objetivo da reunião é debater a participação do PMDB “na construção de uma política nacional para o futuro dos municípios e do Brasil”. Já confirmaram presença, entre outras lideranças do partido, o governador do Paraná, Roberto Requião, e os presidentes estaduais de São Paulo, o ex-governador Orestes Quércia, e do Rio Grande do Sul, senador Pedro Simon.

Renovável
O Prêmio Nobel da Paz 2006 Muhammad Yunus e o vice-presidente do IPCC – o controverso painel de pesquisas sobre mudanças climáticas da ONU -, Mohan Munasinghe, estarão no Eco Power – Fórum Internacional de Energia Renovável e Sustentabilidade, de 28 a 30 de novembro, em Florianópolis (SC). O IPCC recebeu o Nobel da Paz deste ano.

Minas não merece
A blindagem erguida pela imprensa tupiniquim sobre o tucanato produz renomeações curiosas. Ao se referir às origens do esquema montado por Marcos Valério, em vez de noticiá-lo como mensalão tucano, a mídia “independente” o batiza de valerioduto mineiro.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAl Qaeda
Próximo artigoOcupado

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Arrecadação atípica de exportação de commodities turbina receita

Tributos alcançam quase R$ 1,2 tri em 8 meses e batem recorde.

Indústria da hipertensão e diagnóstico por imagem movimentará R$ 22 bi

Foram realizados cerca de 55,6 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares.

Receita apreende mercadorias piratas avaliadas em R$ 1 milhão

Foram apreendidos na operação 170 volumes de mercadorias englobando videogames e acessórios, roteadores, entre outros.

Prorrogada a CPI dos royalties do Rio por 30 dias

Prorrogação do prazo se deve à complexidade da matéria e aos vários documentos requisitados que ainda estão sendo recebidos pela comissão.

Governo dos EUA se prepara para paralisação na semana que vem

Em outra frente de luta, líder democrata Nancy Pelosi anuncia acordo sobre pacote de Biden.