Geriatria

O economista Carlos Lessa, ex-presidente do BNDES, lembrou que no Brasil cerca de 60% dos carros têm vida útil superior a dez anos, gerando uma legião de mecânicos artesãos: “São os geriatras do objeto, que, com imensa criatividade, mantêm funcionando automóveis, tratores e caminhões muito além da vida útil prevista para eles”, disse, provocando risos e aplausos na platéia que participava de debate, quinta-feira à noite, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), promovido pelo Corecon-RJ, entre outras entidades.

Neopopulismo
Inconformado com o alinhamento do ex-metalúrgico Lula a um pensamento que considera tão elitista quanto o de ex-presidente FH, o economista Carlos Lessa, ex-presidente do BNDES,defende o lançamento no Brasil de um movimento que batizou de neopopulista. Depois de década e meia de neoliberalismo, o neopopulismo, segundo Lessa, permitiria a inclusão da maioria da população, hoje na informalidade e no subemprego.

Paraíso
O ex-presidente do BNDES também chamou a atenção especialmente para o fato de os empregos domésticos serem o setor mais dinâmico do mercado de trabalho brasileiro atualmente: “O Brasil é campeão do mundo em empregos domésticos. Enquanto nossa classe média tem dois ou três empregados em casa, o sonho dos milionários franceses é ter apenas um mordomo filipino.”

Ri de quê?
O governo mexicano comemora o primeiro lugar no ranking de crescimento do produto interno bruto (PIB) das principais economias da América Latina entre 1995 e 2004. O México cresceu a uma taxa média de 3,3%, enquanto o Brasil evoluiu 2% e a Argentina apenas 0,1%. Se lidera a mediocridade neoliberal, o México perde feio na comparação com outros países: a taxa média de crescimento mundial foi de 3,8% ao ano, ou cerca de 40% no período. Já a economia chinesa dobrou de tamanho nesses dez anos. Em termos de PIB per capita, a China conseguiu evolução média de 7,7% ao ano; o México, de 2,1%; e o Brasil de Lula e FH, 0,7%.

Verde
O presidente do Partido Verde da Alemanha, Fritz Kuhn, e o deputado federal Winfried Herman integram comitiva de autoridades daquele país que estarão em Sertãozinho (SP), na próxima semana, para conhecer o maior projeto de agricultura orgânica do mundo. A visita à Usina São Francisco, detentora da marca Native, é resultado de uma apresentação do modelo de produção adotado pela empresa feita em Nuremberg, ano passado, com a comitiva do ministro Luiz Fernando Furlan. Na ocasião o governo brasileiro propôs a redução dos impostos de importação para produtos orgânicos.

Reciprocidade
As homenagens às vítimas do acidente de Chernobil, que completou 20 anos esta semana, deveriam ir muito além das condolências protocolares. Num ano que se inicia com os Estados Unidos cobrando do Irã o cumprimento do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares, a administração Bush deveria dar a partida à contraparte desse tratado: a eliminação gradual do arsenal das nações já nucleares. Até agora, prevaleceu apenas a exigência da interdição desse privilégio às demais nações.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEminência parda
Próximo artigoVale o dito

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Baixas temperaturas e geadas trazem prejuízos a agricultores

Balança comercial do agro, entretanto, apresentou superávit de US$ 43,7 bilhões no acumulado do ano, de janeiro a abril.

A pandemia do burnout

Por César Griebeler.

OIT: crises geraram déficit de 112 milhões de empregos no mundo

Guy Ryder: 'efeitos sobre os trabalhadores e suas famílias, particularmente nos países em desenvolvimento, serão devastadores.'

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou na sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,48 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

Representante chinês pede coordenação e estabilidade sobre alimentação

Um representante chinês pediu na quinta-feira para que a comunidade internacional trabalhe em conjunto, no objetivo de estabilizar o mercado global de alimentos, garantir suprimentos diversos de alimentos e facilitar globalmente o comércio agrícola.