Globalizar é…

Embora Mr. Greenspan proclame que o aumento da produtividade da economia dos Estados Unidos se refletiu no aumento do bem-estar geral da sociedade norte-americana, a diferença entre os mais pobres e mais ricos vem se acentuando naquele país. Segundo dados do Gabinete Orçamentário do Congresso norte-americano reproduzidos pela publicação Solidariedade Ibero-americana, em 1977 os 20% mais ricos detinham 44,2% da renda do país, enquanto os 80% mais pobres ficavam com 55,8%. Em 99, porém, os 20% mais ricos abocanharam 50,4% da renda nacional contra 49,6% dos 80% restantes. No total, houve um avanço de 12,4 pontos percentuais a favor dos 20% mais ricos, que, pela primeira vez na história dos EUA, passaram a concentrar mais renda que os 80% restantes dos norte-americanos.
Distribuição às inversas
A diferença se revela ainda mais aguda quando se analisa os extremos da pirâmide social dos EUA. Em 1977, 1% de norte-americanos mais ricos controlava 7,3% da renda nacional, enquanto os 38% mais pobres detinham 13% da riqueza dos EUA. Ano passado, os que ocupavam o topo da pirâmide do país abocanharam 16,2% da renda, restando aos 38% mais pobres apenas 12,9% da riqueza norte-americana.

Deboche
A troca da data do reajuste do salário mínimo para 4 de abril chega com três dias de atraso. Para quem destina à base da sociedade brasileira um mínimo de R$ 151, não poderia ter outra data-base mais significativa que o 1º de abril.

Sigilo
O senador Pedro Simon (PMDB-RS), pré-candidato à presidência da República, defende o fim do sigilo bancário para integrantes do serviço público, a começar pelo presidente da República. Ministros, diretores de órgãos públicos e parlamentares também teriam suas contas abertas. O projeto de lei número 05/95, que exclui autoridades públicas do sigilo bancário, apresentado por Simon em 1995, foi aprovado no Senado e está tramitando há quatro anos na Câmara dos Deputados (onde recebeu o número 82/96), sem muita pressa dos colegas do senador. “O Brasil é o país da impunidade e é nossa responsabilidade reagir contra essa situação”, afirma o Simon.

Trabalho escravo
As universidades públicas das regiões Norte e Centro-Oeste pesquisarão as condições sócio-econômicas de regiões onde existe o trabalho escravo, levando assistência médica e jurídica aos trabalhadores. A proposta foi apresentada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), ao Departamento de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e obteve apoio, também, dos ministérios do Trabalho e Público e da Polícia Federal.

Economia
Quem quiser saber de uma forma rápida as tarifas de telefonia mais em conta pode acessar a página www.ta.taa.nom.br , que traz dados que a Anatel – que deveria controlar o setor – promete há alguns meses.

Negócio limpo
A preocupação com ecologia está aumentando os negócios de empresas que atuam na área de resíduos ambientais, que vêem o mercado em ebulição. A regulamentação da Lei de Crimes Ambientais (9605), que estipula multas de até R$ 50 milhões, e o posicionamento da opinião pública contra a poluição estão exigindo maior volume de investimentos das empresas. Com isso, uma companhia paulista de tratamento de resíduos, a Boa Hora Central de Tratamento, por exemplo, registrou aumento de 50% na quantidade de resíduos recebidos.

Projeto
O anúncio do reajuste de R$ 15 para o salário mínimo um dia depois de o governo manter o engessamento da taxa básica de juros em 19% ao ano reafirma verdade só imperceptível para os mais ingênuos: o crescimento medíocre é parte indissociável do projeto destinado ao país pela plutocracia instalada nos posto-chave da economia.

Artigo anteriorObstáculo
Próximo artigoMonopólio ameaçado
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Se mirar Nordeste, Bolsonaro atingirá o próprio pé

Região tem menor média de casos e óbitos causados pela Covid.

Neodefensores do trabalhador ignoraram crise

Desemprego já era estratosférico em 2019, e apoiadores de Guedes nem ligavam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.

Exterior abre em alta e futuros no Brasil operam com cautela

China atinge crescimento de 18,3%; na Europa, Índice de Preços ao Consumidor amplo de março teve avanço de 1,3% ao ano.

Estaleiro de SC investe meio milhão em linha de produção exclusiva

Estaleiro irá entregar até quatro vezes mais rápido e atender à crescente procura por embarcações novas.