Goleada

“A Argentina está aplicando goleadas no Brasil não apenas no futebol.” O comentário econômicoesportivo é do o professor de Economia da Universidade Federal Fluminense (UFF) Theotonio dos Santos, ao referir-se à decisão do governo Néstor Kirchner de estabelecer depósito compulsório de 30% sobre o capital especulativo que ingressa no país. Mês passado, nossos vizinhos dobraram o prazo de quarentena para esse tipo de capital. Cientista social brasileiro mais publicado na China, Theotônio, que integra o Conselho Editorial do MM, viaja dia 15 para aquele país, onde participará de debates na Universidade Popular da China sobre “Marxismo e o modelo de desenvolvimento da China”.

Terror
Do presidente Luiz Inácio Lula da Silva: “Foram os piores 45 minutos que já passei na minha vida”. Ele se referia ao primeiro tempo da derrota da seleção brasileira para a Argentina por 3 a 1 e não à coletiva do engenheiro financeiro Delúbio Soares.

Santo de casa…
Em sua visita ao Rio, quarta-feira, o secretário-geral da Comissão Econômica das Nações Unidas para a América Latina (Cepal), o argentino José Luis Machinea, recusou-se a falar sobre as últimas medidas adotadas pela Argentina, voltadas para o controle de capitais especulativos. Somente depois de muita insistência de um repórter emitiu opiniões genéricas. Quando ministro da Economia do finado governo de Fernando de La Rúa, o breve, Machinea costumava ser mais loquaz.

Banido
Por 50 votos a oito, a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro aprovou a proposta de emenda constitucional que proíbe a prática do nepotismo nas três esferas da administração pública estadual. Foi mantido o texto original. Antes de apreciar a proposta, os parlamentares derrubaram a emenda 11, apresentada pelo deputado Aurélio Marques (PL), que excluía, das determinações da PEC, os cargos de chefe de gabinete ou equivalente, em cada um dos poderes.

Marido e mulher
O coordenador do Fórum Intersindical dos Metalúrgicos do Rio, Luiz Chaves, que participou da inauguração da plataforma P-47, na presença do presidente Lula, levou a platéia às gargalhadas ao falar do progresso do setor naval na gestão de Garotinho e agora no governo Garotinha. Até o presidente e a governadora Rosinha Garotinho riram.

Igualdade
Missão empresarial chinesa que visita o Rio nesta sexta-feira é composta por integrantes de 13 empresas de diversos setores. Todas os representantes são mulheres, das quais nove são presidentes e duas, vice-presidentes.

Vantagens
A missão chinesa será recebida pelo secretário em exercício de Desenvolvimento Econômico, Henrique Rocha, e pelo presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin), Hélio Cabral, que apresentarão as vantagens e incentivos fiscais e financeiros do estado. Cervejaria, calçados, estética, artigos esportivos, eletricidade, exposição, imobiliário e exportação são alguns dos setores representados na delegação.

Mau momento
Uma das respostas mais enigmáticas do secretário de Finanças do PT, Delúbio Soares, em sua entrevista, quarta-feira, foi dada ao ser perguntado se temia que o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) pudesse comprovar as denúncias que fez: “Só o momento correto, mais à frente… Estamos vivendo um momento de tensão política com a entrevista que lançou uma suspeição sobre o país. Vai ter uma investigação no Congresso, que já foi pedida, e se necessário for estou à disposição para prestar os esclarecimentos necessários”, respondeu Delúbio.
A dubiedade deixou petistas com algumas pulgas embaixo das barbas. Afinal, “momento correto” e “mais à frente” significam que Delúbio pretende se defender mais adiante de eventuais argumentos de Jefferson?

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOligopólio
Próximo artigoArma

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Arrecadação atípica de exportação de commodities turbina receita

Tributos alcançam quase R$ 1,2 tri em 8 meses e batem recorde.

Indústria da hipertensão e diagnóstico por imagem movimentará R$ 22 bi

Foram realizados cerca de 55,6 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares.

Receita apreende mercadorias piratas avaliadas em R$ 1 milhão

Foram apreendidos na operação 170 volumes de mercadorias englobando videogames e acessórios, roteadores, entre outros.

Prorrogada a CPI dos royalties do Rio por 30 dias

Prorrogação do prazo se deve à complexidade da matéria e aos vários documentos requisitados que ainda estão sendo recebidos pela comissão.

Governo dos EUA se prepara para paralisação na semana que vem

Em outra frente de luta, líder democrata Nancy Pelosi anuncia acordo sobre pacote de Biden.