Golpe voador

Pelo menos 50% do total de cheques devolvidos pelos bancos são resultado de golpes utilizando talões roubados, adulterados ou falsificados, avalia a empresa Cheque-pre.com, ao analisar a alta expressiva da inadimplência em março, com elevação de 24,5% em relação a fevereiro. Para o presidente da empresa, o economista Ivo Barbiero, a maioria dos problemas com cheques sem fundos está relacionada a golpes ou a falhas no momento do recebimento. Ele alerta também para o comerciante acompanhar a conjuntura: há indicações de que, com as altas consecutivas da taxa básica de juros, a médio prazo, aumentarão endividamento e inadimplência.

Ligação umbilical
Das 150 maiores empresas brasileiras, 92 – 62% do total – contratam os serviços de apenas dez assessorias de comunicação de grande porte. A constatação é de pesquisa do Instituto Aberje de Pesquisas e ajuda a explicar a, digamos, extrema boa vontade de alguns jornalistas e seus patrões com certas práticas corporativas.

Posse
O atual presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin) – vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico -, Maurício Chacur, assume, nesta segunda-feira, a secretaria, no lugar do Humberto Mota, que deixa o setor público para integrar a direção da empresa Brasif, dona dos free shops. Chacur é engenheiro civil, pós-graduado pela Coppead em Administração e Finanças. É funcionário de carreira do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desde 1986, onde já exerceu diversas funções executivas, sendo a última a Gerência Executiva de Navegação Portos e Hidrovias.

Satisfeitíssimo
Nem só de negócios com petróleo vivem os investidores estrangeiros na Rússia. O fundo Insight Venture Partners, de Nova York, por exemplo, comprou, em 2002, a empresa IT Aelita, de São Petersburgo, por apenas US$ 10 milhões e, apenas um ano depois, revendeu-a ao gigante de telecomunicações Qwest por US$ 115 milhões. “Os estrangeiros estão satisfeitos com o nível de estabilidade política e macroeconômica, dando menos atenção às barreiras administrativas e à corrupção generalizada” diz Aleksandr Ivlev, da Ernst&Young.

Religião
A Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio (SBPRJ) promove, dentro do ciclo Psicanálise & Cultura, no dia 18, às 21h15, palestra sobre Monoteísmo e Fundamentalismo. O professor e físico Luis Alberto Oliveira abordará os conflitos entre as diversas religiões e o homem no mundo moderno. A entrada é franca e a sede da SBPRJ fica na rua David Campista, 80-Humaitá. Mais informações no telefone (21) 2537-1333.

Meio carola
Para vetar com presteza o reajuste de 15% concedido pelo Congresso Nacional a seus funcionários, o presidente Lula apegou-se aos dados, nem sempre confiáveis de sua equipe econômica, que estimam em R$ 577 milhões os gastos extras com o aumento. Se essa quantia escandaliza o presidente e parte da opinião pública, o que dizer do lucro dos dois maiores bancos privados do país, que, em apenas três meses deste ano, alcançou R$ 2,3 bilhões? Ou estaremos diante de um moralismo seletivo?

Cadê o Conar?
As emissoras de televisão estão abusando do volume do som na veiculação de certos anúncios durante os intervalos comerciais. Em alguns casos, o som fica até 50% mais alto do que estava.. É o caso, por exemplo, das propagandas da All Business na CNT. O som fica tão alto que o telespectador tem de correr para diminuir o volume. Para os cardíacos, o susto acaba sendo um teste extra, e involuntário, para as coronárias.

Flu x Vasco
O secretário estadual de Energia, Indústria Naval e Petróleo do Rio, Wagner Victer, ao participar de homenagem na sede do Fluminense Futebol Clube, mandou recado curto ao prefeito de Nova Iguaçu, o vascaíno Lindberg Farias: “A instalação de uma refinaria não é uma questão política. É técnica, ambiental e econômica. Gosto muito dele (Lindberg) é meu amigo, mas a escolha do local não é uma questão partidária.”

Artigo anteriorBoquinha
Próximo artigoLeitura difícil
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Trava política impede recuperação mais forte

Nesta segunda, mercados aqui foram na mesma direção do exterior em recuperação, mas sem mostrar maior tração. 

Sony deixará de vender áudio e vídeo no Brasil

Multinacional japonesa venderá aqui apenas consoles de games importados.

ISM Manufacturing teve a maior leitura desde fevereiro de 2018

Expectativa é de melhora continuada dado o avanço da vacinação, bem como o estímulo fiscal projetado para ser aprovado em meados de março.

Rede estadual de ensino do Rio volta hoje às aulas

Alunos terão aulas remotas e presenciais, com turmas em sala de aula em dias alternados em função da pandemia.

Mercado interno sobe seguindo bom humor global

Exterior avança após pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão ser aprovado pela Câmara dos Representantes dos EUA.