Governo persegue ranking extinto por irregularidades

Banco Mundial encerra Doing Business, relatório que encorajava políticas que pioram a desigualdade.

No final de março de 2021, Jair Bolsonaro assinou medida provisória que pretendia melhorar o ambiente de negócios para fazer o Brasil alcançar a posição 50 no ranking Doing Business, do Banco Mundial (era o 124º no último levantamento). O desejo já havia sido declarado algumas vezes pelo ministro Paulo Guedes.

Terão que buscar outro ranking. Em 16 de setembro, o Banco Mundial emitiu declaração sobre o relatório. “Depois que irregularidades de dados em Doing Business 2018 e 2020 foram relatadas internamente em junho de 2020, a administração do Banco Mundial pausou o próximo Doing Business e iniciou uma série de revisões e auditorias do relatório e sua metodologia (…) a administração do Grupo Banco Mundial tomou a decisão de interromper a realização do relatório (…)”.

Nadia Daar, chefe do escritório da ONG Oxfam International em Washington DC, comemorou: “É uma medida bem-vinda, e já era hora de o Banco Mundial descartar seu relatório Doing Business, um índice de competitividade global que encorajava os governos a adotar políticas destrutivas que pioram a desigualdade, como redução das regulamentações trabalhistas e impostos corporativos. Por quase duas décadas, os governos que competem para melhorar sua posição no ranking dos carros-chefe do Banco colocaram os interesses das corporações acima das comunidades e do meio ambiente.”

É isso que perseguia Guedes e continua perseguindo, ao propor, como fez nesta segunda-feira, um cronograma de destruição do Brasil nos próximos 10 anos.

 

Direito de crítica

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) repudiou a prisão do blogueiro Paulo César de Andrade Prado. A Polícia de SP prendeu o responsável pelo blog do Paulinho nesta terça, cumprindo mandado da 26ª Vara Criminal. Ele foi condenado a pena de 5 meses, no regime semiaberto, pelo crime de difamação contra Paulo Garcia, proprietário da Kalunga. O advogado de Paulinho apresentou recursos a STJ e STF.

Em abril, a ABI entrou com a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 826, no STF, com o objetivo de evitar que o sistema penal seja utilizado para cercear o direito de crítica, o exercício do jornalismo e prisões, como a do blogueiro.

 

Joio do trigo

Espera-se que a devassa na Prevent Senior não justifique as abusivas mensalidades de seguros e planos de saúde, que limitam tratamentos por não ter o cidadão como pagar os valores, ou por não oferecerem planos individuais, somente empresariais.

 

Rápidas

Os tradutores de Indivíduo e comunidade em Spinoza (FGV Editora), Martha de Aratanha, Baptiste Grasset e Emanuel Rocha Fragoso, participam nesta quinta de debate sobre o pensamento do filósofo holandês, com transmissão, às 18h, pelo Youtube da FGV *** A Megamatte lança mais uma temporada do podcast Megacast, apresentado pelo CEO Julio Monteiro, voltado para empreendedores e franqueados, todas as quintas *** Silvia Costa, da ClarkeModet Brasil, apresentará palestra sobre a relação entre a propriedade intelectual e a inovação farmacêutica durante a LV Semana Universitária Paulista de Farmácia e Bioquímica, nesta quinta-feira.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

A Lei de Biossegurança em pauta no STF

Uso de transgênicos não é tarefa fácil. Qual será a medida menos onerosa para as futuras gerações?

Museu do Pontal

Por Bayard Boiteux.

Últimas Notícias

Crédito consignado: aumenta número de reclamações de cobrança indevida

O crédito consignado não solicitado por clientes está no topo das reclamações de consumidores. Em relação aos registros, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon),...

Geração de energia solar traz R$ 35,6 bi de investimentos ao país

Potência nos telhados e terrenos com sistemas fotovoltaicos equivale a metade da capacidade de Itaipu.

Direito de controle sobre funcionários que trabalham de casa

Por Leonardo Jubilut.

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...