Gregos e baianos

O governo Lula desagradou a quase todos no processo de votação da reforma da Previdência: 38,4% acham que o governo foi intransigente / não negociou como deveria; já 29,1% acreditam que cedeu demais / descaracterizou a reforma; e 32,5% opinaram que negociou o necessário / manteve a essência da reforma. A enquete foi feita na página na Internet de Aluizio Mercadante, líder do governo no Senado. Aliás, a julgar pelos resultados de outras pesquisas feitas pelo senador, seus eleitores não estão seguindo o mesmo rumo da equipe econômica do governo: 61,4% são favoráveis a vincular o superávit primário ao ritmo de crescimento da economia (38,6% são contrários); e 65,8% defenderam o controle da entrada de capitais de curto prazo, dois temas que provocam arrepios em Palocci e Meireles.

Contraponto
A Reggen (Cátedra e Rede ONU/Unesco de Globalização e Desenvolvimento Sustentável) promove, na próxima semana (de 18 e 22), no Hotel Glória, no Rio, o seminário internacional Hegemonia e contra-hegemonia: a globalização e os processos de integração. O evento, uma espécie de versão acadêmica do Fórum Social Mundial., contará com a participação de 70 convidados. Entre os nomes confirmados, o ministro das Relações Exteriores, Marco Aurélio Garcia, Theotônio dos Santos (coordenador da Reggen), Giovanni Arrighi, Immanuel Wallerstein, Robert Brenner, Samir Amin, Chico de Oliveira, Andre Gunder Frank, Pierre Salama, Gao Xian, Orlando Caputo, Aña Esther Ceceña, Octávio Ianni, Luciano Coutinho e Elmar Altvater. Durante o seminário será lançada a candidatura de Celso Furtado ao prêmio Nobel de Economia. Informações e inscrições podem ser obtidas no endereço eletrônico www.reggen.org.br ou pelo telefone (21) 2622-1361.

Empreendedores
Procuram-se empresas para investir. Este é o lema da Roda de Negócios que a empresa de capital de risco Eccelera está promovendo. Os candidatos a empreendedores têm até o dia 25 para se cadastrar no site www.eccelera.com. A Eccelera procura companhias de tecnologia da informação, telecomunicações não intensivas em capital, telemetria, telemática, segurança eletrônica e patrimonial que precisam de investimentos para desenvolver seus negócios. Os aprovados podem receber investimentos de até US$ 5 milhões cada.

Sem café
A Korea Trade Center (Kotra), divisão comercial do Consulado Geral da República da Coréia, convida empresários brasileiros para participar da feira Venture in Defense 2003, que acontece de 2 a 5 de outubro, no país asiático. O evento reúne indústrias, importadores e exportadores de produtos bélicos e similares. Como cortesia, os organizadores do evento oferecem aos participantes serviço de intérprete e até quatro diárias de hotel (sem café da manhã).

Destruição
O capital financeiro está dominando o mundo e depende da economia produtiva que, com o sobe e desce das ações, induz ao desemprego que prejudica e reflete de maneira global no universo, desestruturando os países ricos e os pobres. “O financeiro está destruindo o social: é preciso uma economia justa para a humanidade, pois um outro mundo é possível”, afirma Rosalvi Maria Teófilo, autora do livro Economia Solidária, Novas Regras (Ieeditora).

Beleza
O mercado de estética movimenta, no mundo todo, US$ 160 milhões por ano, e não vê crise no horizonte, crescendo, em média 7% anualmente, informa o presidente do XI Congresso Científico Internacional de Estética, Hugo Turovelzky. O evento ocorreu neste final de semana. A edição de 2004 está confirmada, também no Rio de Janeiro.

Oops!
O retorno das férias de um dos titulares dessa coluna, anteontem, coincidiu com a publicação novamente de notas que haviam saído na edição de quarta-feira. Nada que um dia de treinamento não devolva o ritmo. Aos nossos leitores pedimos desculpas.

Artigo anteriorSeca
Próximo artigoTecnologia
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Os ventos estão mudando

Por Afonso Costa.

Afeto e arte no Rio de Janeiro

Obrigado a todos que contribuíram para uma análise sensorial da vida pandêmica