Grupo FBN inaugura programa de fidelidade

O mercado de seguros vem mudando rápido e os consumidores mais jovens buscam por uma nova experiência, isto já sabemos. Os clientes mais conservadores também perceberão a diferença na experiência, afinal jovens tem grande influência sobre seus pais e familiares. As empresas que chegam ao mercado de seguros, já começam cheias de inovação, trazendo novidades e atraindo os clientes mais jovens, que chegam dispostos a novas experiências.
Algumas corretoras estão inovando, acelerando a transformação dos processos e introduzindo uma comunicação mais moderna nas suas redes sociais e demais canais e um exemplo é a FBN que acaba de inaugurar seu programa de fidelidade.
Para Kleber de Paula, fundador da corretora, o programa de fidelidade ajudará na comunicação mais atraente, mas o principal ponto será o estímulo pro cliente conhecer novos produtos e serviços da corretora. “Além de usar os pontos do programa para incentivar a diminuição do parcelamento e aquisição de coberturas mais abrangentes”, ressalta.
Lembra, também, que ao ser abordado o cliente nem sempre tem tempo para debater, mas em promoções que o atraiam o começo da conversa é mais fácil e o cliente recebe bem as explicações. Se você só fala do seguro a atenção nem sempre ocorre, esperamos atrair melhor o cliente para o tema e oferecer mimos, de acordo com o perfil de cada um deles.
A exemplo do Nubank, que encantou os clientes e cresceu, a nossa intenção é oferecer uma nova experiência aos nossos clientes, cada vez mais conectados. “Espero que esse novo programa também sirva de exemplo para outras corretoras, que queiram inovar, fidelizando ainda mais os seus clientes”.
O modelo escolhido pela FBN utiliza tecnologia e mecânica similar ao programa Porto Plus que a Porto Seguro implantou para engajar as corretoras. O Grupo FBN espera que os clientes gostem dessa iniciativa e percebam o quanto são importantes pra empresa. O programa de fidelidade da FBN se chama FBN Mais e está vigente para as campanhas em andamento que a própria corretora elaborou. Confira em https://saibamais.grupofbn.com.br/fbn-mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...

Seguros: 3º trimestre fecha com alta acumulada de 13,4%

O setor segurador encerrou o terceiro trimestre em alta, com taxa acumulada no ano de 13,4%. “Os dados dos nove primeiros meses de 2021...

Qualicorp fecha pareceria com o grupo Orthopride

A fim de ampliar o relacionamento com os clientes, a Qualicorp fechou uma parceria comercial com o grupo Orthopride, a maior rede de clínicas...

Últimas Notícias

O leilão beneficente da Jaguar Parade

Fundos se destinam à conservação de onças-pintadas em seus habitats.

Venda de imóveis novos em SP mantém estabilidade em outubro

Em valores monetários, houve queda do Valor Global de Vendas em relação a outubro de 2020.

Nova energia, fabricação de equipamentos de tecnologia e PMEs em 2022

O mercado de ações A-Share da China parece positivo para o próximo ano. Novas energias, fabricação de equipamentos de alta tecnologia e pequenas e médias empresas (PMEs) são áreas com grande potencial de investimento, de acordo com uma pesquisa recente realizada com 109 especialistas de indústrias na gestão de ativos.

Mais de 100 milhões de macarrão “fedorento” chinês entregues em 2021

A Região Autônoma de Guangxi da Etnia Zhuang, no sul da China, entregou este ano mais de 100 milhões de pacotes de sua especialidade de macarrão de arroz, conhecida como "Luosifen" em chinês.

Escala da indústria de big data chinesa excederá 3 trilhões em 2025

A escala da indústria de big data da China tem a previsão de superar 3 trilhões de yuan pelo final do ano 2025, de acordo com o plano de desenvolvimento para a indústria de big data, durante o período do 14º Plano Quinquenal divulgado pelo Ministério da Indústria e Informatização (MIIT, sigla em inglês) nesta terça-feira.