Hegemonia

As exportações mundiais de serviços em 99 somaram US$ 3,6 trilhões. Esse valor corresponde a quase 50% das exportações globais de mercadorias, que totalizaram US$ 7,4 trilhões ano passado. Os dados são da Associação Brasileira de Comércio Exterior (AEB), que lamenta ser desprezível a participação do País na venda de serviços, enquanto os países industrializados cada vez mais priorizam este negócio. Além de mais rentável que a venda de mercadorias, a exportação de serviços cria mercado cativo para produtos, vende imagem positiva e exerce influência cultural e política. Ou, como sintetiza o presidente do AEB, Benedicto Fonseca Moreira, “é fator de ação absolutamente hegemônica”.
Exportador de divisas
Enquanto isso, o déficit da conta de serviços do País saltou de US$ 15 bilhões, em 1993, para US$ 28,8 bilhões, em 1998. Em 99, houve pequeno recuo para US$ 25,212 bilhões, mas o déficit ainda foi 68% maior do que o registrado no último ano antes da implantação do Real.

Diversão
A febre de parques temáticos contagiou o BNDES. Em 1990, o banco oficial liberou US$ 5,4 mil para financiar estes empreendimentos; no ano passado, somente até julho, foram US$ 12,6 milhões. Só para comparar, o informativo do Capítulo Brasileiro da Federação Internacional das Profissões Imobiliárias (FIABCI) levantou os empréstimos do BNDES para o setor de turismo: US$ 20,4 milhões em 1990 e US$ 39,8 milhões até julho de 99. Nesses quase dez anos os parques temáticos levaram do banco quase US$ 170 milhões. Nos próximos cinco anos estão previstos pelo menos mais 30 parques. Resta saber se a cada vez mais empobrecida classe média – privada das viagens à Flórida – vai sustentar todos esses empreendimentos.

Folia
Os componentes do bloco Imprensa que eu Gamo, formado principalmente por jornalistas, decidiram que o enredo deste ano será livre. Os interessados em emplacar o seu samba, porém, devem se apressar: o número de concorrentes foi limitado a dez, obedecendo a ordem de inscrição, que pode ser feita via internet ([email protected] ou [email protected]) ou pelo telefone 544-2435. A final da escolha do samba será no próximo dia 15, às 21h, no Bola Preta. O bloco desfila dia 19 de fevereiro, com concentração no Mercadinho São José , em Laranjeiras,  às 17h.

De volta
A sorte ajudou a primeira-dama Ruth Cardoso na recuperação de seu carro, que fora furtado na última segunda-feira em uma rua de Laranjeiras, Zona Sul do Rio. Um detetive da 4ª DP, que não fazia parte da equipe designada para encontrar os larápios, passou ontem por acaso próximo ao local aonde o automóvel fora largado, no Jardim Botânico, e desconfiou que fosse o da primeira-dama. Confirmado, o carro voltou, praticamente intacto, à mulher de FH.

Defasado
A página da Secretaria estadual de Comunicação Social na Internet ainda apresenta Sérgio Zveiter como titular da Secretaria de Justiça. Zveiter se desligou do Governo Garotinho para se candidatar à Prefeitura de Niterói – e iniciar mais um capítulo da crise entre o governador e o atual prefeito e candidato à reeleição, Jorge Roberto da Silveira.

Dura lex
Pode ser que a Justiça acabe absolvendo todos, mas para a opinião pública não deixa de ter um gostinho de vitória ver alguns dos envolvidos no escândalo da desvalorização cambial, em janeiro de 99, serem indiciados na Polícia Federal. Acostumados à benevolência do Banco Central, responsáveis por crimes de colarinho branco sempre contaram com a impunidade.

Subiu no telhado
Se o zum-zum no mercado sobre a saúde da empresa já não era dos melhores, a porta da UTI parece ter ficado mais perto para uma grande seguradora depois que um órgão governamental resolveu trocar o plano de saúde de seus funcionários pelo de uma outra operadora.

Jogo
Especialista em neurociências e desenvolvimento psicológico e mental, o ex-diretor-geral do Fundo das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), o espanhol Federico Mayor Zaragoza, condenou a atitude dos Estados Unidos em relação ao menino cubano Elian. Segundo Zaragoza, um dia de demora pode estar colocando em risco a estabilidade emocional de Elian pelo resto da vida. Enfatizou anda que a Declaração Universal dos Direitos da Criança deixa claro que, em um caso como esse, a criança deve regressar a seu país.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJulgamento
Próximo artigoAliança

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.