Hein?

“Diferente do que era, aquém do possível, melhor do que parece.” O estilo, digamos, tortuoso, é uma tentativa da Fundação Perseu Abramo de sintetizar os 25 anos do PT. Em artigo publicado no seu site, a fundação, ligada ao partido, tenta explicar “em que medida o governo Lula se diferencia dos fundamentos dos governos FHC e que é preciso ainda superar os paradigmas neoliberais da financeirização”, bem como ajudar “a entender a contradição entre o crescimento da popularidade do governo Lula e a presença de um nítido mal-estar na cultura da esquerda brasileira”. Trata-se de caso típico em que a dificuldade de explicação do objeto dita o estilo.

Festa no interior
Uma caravana com 50 empresários do setor de turismo do Rio estará hoje em São José dos Campos, amanhã em Campinas e quinta-feira em Ribeirão Preto. Dentro do projeto O Rio é de Vocês, os cariocas vão apresentar ao interior de São Paulo pacotes turísticos nas terras fluminenses.

Gato à vista
O governo fluminense vai entrar com pedido junto ao Juízo da 11ª Vara Federal do Rio de Janeiro solicitando prorrogação do prazo de inscrição do programa de Tarifa Social para consumidores de energia de baixa renda, que termina no próximo dia 28 de fevereiro. De acordo com o secretário de Energia, Wagner Victer, a briga se desenrola desde fevereiro de 2004, quando a Aneel, que deveria fiscalizar o setor elétrico, baixou uma resolução determinando que só teriam direito à tarifa menor consumidores situados na faixa de consumo entre 80 e 220 kwh/ mês e que estivessem inscritos no Programa Bolsa Família do Governo Federal. Na ocasião a 11ª Vara Federal atendeu ao pedido do estado, cancelando o ato da Aneel. A liminar porém foi cassada; a Procuradoria Geral do Estado tenta recurso para mudar decisão. Como pano de fundo, a possibilidade das distribuidoras de energia faturarem milhões em cima de consumidores sem renda para arcar com as cada vez mais caras contas de luz.

O fax sumiu
Bobina de fax de 30 metros que na verdade não alcançava nem 27 metros. Esta foi uma das irregularidades flagradas pelo Ipem-SP, que ontem analisou 55 tipos de material de escritório; 23,64% apresentaram problemas. Nem tudo, porém, estava errado. Em Campinas e Santos, 100% dos materiais analisados estavam regulares.

Trabalho
A governadora Rosinha Garotinho enviou mensagem à Assembléia Legislativa para alterar a lei que criou o Dia do Estado do Rio de Janeiro, em 15 de março. A proposta da governadora é que a data seja comemorada como o Dia da Fusão entre os Estados do Rio de Janeiro e da Guanabara. O objetivo é evitar a criação de mais um feriado.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Ameaça de demissões expõe crise na Saúde

Piso de menos de 4 SM para enfermagem revela desvalorização.

Qual a parcela de culpa da Ericsson no terrorismo?

Multi sueca é processada por pagar propina no Iraque que teria chegado ao Estado Islâmico.

BC eleva juros, mas inflação segue disseminada

Remédio errado a partir de diagnóstico equivocado.

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis