Herança

Apesar de elogiada pelos auditores, a MP 222/04, que cria a Secretaria da Receita Previdenciária e remaneja os auditores fiscais da Previdência do INSS para o novo órgão, está causando polêmica em relação a pelo menos um ponto: os bens do INSS, adquiridos principalmente com as contribuições dos servidores, serão retirados do instituto? A dúvida é pertinente, principalmente porque o propalado déficit da Previdência simplesmente desaparece, segundo os auditores, quando computados os bens do INSS.

Eles preferem o “Brazil”
Os dados sobre a participação das filiais das empresas dos Estados Unidos instaladas no Brasil revela um descompasso entre os objetivos dos donos das companhias e os do governo Lula. Apesar da desvalorização do câmbio em 1999, as multinacionais norte-americanas daqui só elevaram suas exportações entre 14% e 18%. Cerca de 80% de suas vendas continuam sendo feitas no mercado interno. Em outros países da América Latina, as exportações dessas filiais respondem respondem por quase 40% das suas vendas. Longe de desfavorável ao país, essa diferença revela duas verdades complementares:
1) Apesar de ideologicamente as multis apoiarem o modelo econômico palocciano, na prática, os interesses objetivos delas se encontram em contradição com ele;
2) Além de alimentar ilusões pueris sobre modificar a divisão dos mercados internacionais que permeia a atuação das filiais estrangeiras no mundo, a equipe econômica se mostra mais realista que o rei, ao trabalhar para buscar no exterior excedentes que compensem a contração do mercado interno causada por sua política recessiva.

A rodo
Em apenas três meses deste ano – julho, agosto e setembro – a Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) destinou R$ 50 milhões às três agências responsáveis pela publicidade do governo. Em todo o ano passado, este gasto somara R$ 28,3 milhões. Os dados foram apresentados pelo deputado tucano Sebastião Madeira (PSDB-SP), para acusar o governo de “esbanjar dinheiro público visando a influenciar a eleição municipal”. Segundo tucano, o total não contabiliza as campanhas publicitárias de estatais como Petrobras, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, cujas verbas não saem do orçamento da Secom.

Pé frio
“Se o PT não atrapalhar sua campanha, já é bom”, cutucou a candidata petista à Prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), que concorre no segundo turno contra Moroni Torgan (PFL). No primeiro turno Luizianne não só não teve o apoio da direção nacional do partido, como foi duramente criticada. Para ajudar a candidata, o melhor que o governo federal petista pode fazer é se fingir de morto. Foi justamente quando ficou explícito o apoio de Genoino e companhia a Inácio Arruda que o candidato do PCdoB viu sua chance de chegar ao segundo turno ir pelo ralo.

Queixas com o bispo
Com a mesma arrogância com que tratam a greve dos bancários – sem se importar com os transtornos sofridos por seus clientes – os bancos continuam aumentando – muitas vezes acima da inflação – suas tarifas. Ontem foi a vez do Real ABN Amro anunciar alta de 25% a 140% nas tarifas cobradas em três tipos de empréstimos aos seus clientes pessoas físicas, a partir do próximo dia 25.

Artigo anteriorQuanto vale o show?
Próximo artigoImagem
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Preços se multiplicam com térmicas caras

Desempenho do mercado livre de energia elétrica frustra e leva a medidas não planejadas.

Entrega da Eletrobras representaria 0,05% da dívida

Saída do presidente da estatal deixou mercado financeiro certo de que privatização já era.

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Rio começa nova fase de vacinação contra Covid

Expectativa da prefeitura é vacinar 66 mil pessoas.

Congresso encerra recesso e encara votação do orçamento

Eleições das mesas diretoras do Senado e da Câmara serão realizadas dia 1º.

SP e Recife são os destinos mais comprados para o primeiro semestre

Segundo levantamento, o Rio compõe o Top 3 das cidades mais procuradas para o período de janeiro a junho deste ano.

Ajustando o feriado

Ontem, pelo feriado em São Paulo, a Bovespa não funcionou, mas as ações brasileiras mostraram perdas.

Custo da construção sobe 0,93% em janeiro

Segundo a FGV, índice acumula inflação de 9,39% em 12 meses.