Holocausto

Relatório confidencial da Organização das Nações Unidas prevê que 1 milhão de civis iraquianos poderão se refugiar em países vizinhos (900 mil no Irã) e outros 2 milhões poderão ficar sem casa dentro do país no caso de um ataque militar norte-americano. De 4,5 milhões a 9,5 milhões de iraquianos – mais de um terço da população do país – necessitarão de alimentos vindos do exterior. O Iraque tem 26,5 milhões de habitantes.

Opostos
Para os crédulos ou incautos que julgam ser possível conciliar no governo Lula uma política econômica tucana com uma equipe pró-desenvolvimento, essa coluna dá um aviso: um acerto assim não duraria um ano (os mais pessimistas limitam este prazo a seis meses).

Sem dono
Há alguns dias, esta coluna publicou nota lamentando que até hoje não se saiba que empresa era realmente responsável pelo óleo transportado pelo petroleiro Prestige – que sofreu um vazamento monumental na costa da Espanha, um desastre provavelmente duas vezes maior do que o acidente com o petroleiro Exxon Valdez, no Alasca. É claro que há muitas informações sobre o Prestige, mas nenhuma conclusiva. Porém, alguns nomes e empresas envolvidos, levantados por Ian Willmore, da ONG Amigos da Terra, merecem ser citados.
O petroleiro pertencia a uma empresa liberiana (Mare International) cujo real proprietário, segundo o jornal inglês The Independent, seria a dinastia grega Couloutrhos. O navio tinha bandeira de Bahamas e estaria carregando óleo para a empresa Crown Resources, com sede em Gibraltar (possessão britânica). O principal escritório da companhia ficava em Londres, posteriormente transferido para a Suíça.

Ligações
A Crown seria de propriedade de um conglomerado russo, Alfa Group, um dos que surgiram na veloz rapina ocorrida após a derrocada da União Soviética. O grupo é dono da Tyumen Oil, que seria, em última instância, a responsável. É justamente aí que aparecem os nomes e países mais interessantes e que pouco apareceram na imprensa. O petróleo que o Prestige transportava viria não da Rússia, mas do Iraque. E a Tyumen estaria sendo investigada por ligações com a máfia russa (acusações corriqueiras no selvagem capitalismo implantado na Rússia).

Vice
Por fim, a mais interessante ligação da Tyumen: com a gigante norte-americana Halliburton, cujo executivo-chefe operou para conseguir aprovar um empréstimo de US$ 500 milhões do Eximbank dos EUA para a empresa russa. A Halliburton se tornou a principal fornecedora de equipamentos e serviços para a indústria petrolífera da Rússia. O nome do executivo-chefe: Richard Cheney. Sim, ele mesmo, Dick Cheney, atual vice-presidente dos Estados Unidos, país que está prestes a invadir o Iraque.

Há vagas
Entre os cargos ainda vagos no governo federal, alguns são ligados ao mercado de capitais. Na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que fiscaliza o mercado acionário, pelo menos dois diretores ainda devem ser empossados.

Gente fina
A polícia israelense iniciou uma investigação sobre um empréstimo de cerca de US$ 1,5 milhão concedido por um empresário sul-africano a Omri e Gilad Sharon, filhos do primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, segundo o jornal Haaretz. De acordo com o jornal, o radical primeiro-ministro e seus filhos seriam suspeitos de ter recebido subornos, de abuso de confiança e de falsos depoimentos. O Likud, partido de direita do primeiro-ministro israelense, está também no centro de um escândalo pela compra de votos para compor a lista de candidatos às eleições do próximo dia 28 e pela infiltração de ex-delinquentes em seu comitê central. Nesse escândalo, também está envolvido Omri Sharon, que foi intimado nesta semana para depor na polícia.

Diálogo
Como a agência de notícias Latino-Americana antecipou no MONITOR MERCANTIL, os Estados Unidos disseram ontem que estão dispostos a dialogar com a Coréia do Norte a respeito de seu programa nuclear. Entretanto, os norte-americanos salientaram que os Estados Unidos não irão fornecer compensações para a Coréia do Norte suspender suas obrigações já existentes.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrimeiro Mundo
Próximo artigoDevagar

Artigos Relacionados

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Últimas Notícias

Reforma do IR trará impacto negativo para o caixa das empresas

O projeto de reforma tributária do Imposto de Renda aprovado na Câmara no início de setembro merece atenção especial do setor produtivo. O alerta...

A paz é o caminho

Por Paulo Alonso.

Setor farmacêutico ganha aliado para agilizar contratações

Farmácias e drogarias passaram a integrar o aplicativo Closeer, responsável por conectar empresas e trabalhadores autônomos. Oportunidades de trabalho no segmento devem crescer até...

Taxa de desemprego entre os mais pobres é de 36%

Queda em renda indica aumento na desigualdade durante a pandemia; jovens já são 42% dos empregos temporários no primeiro semestre.