Homenagem

Economistas, sociólogos, cientistas políticos e historiadores reunidos no seminário Hegemonia e Contra-Hegemonia, que termina hoje no Rio, homenagearam o organizador do evento, Theotônio dos Santos, com uma placa. Um dos criadores da Teoria da Dependência, ainda nos anos 60, ele é o economista brasileiro cuja obra tem o maior número de traduções no mundo. Recentemente, Theotônio dos Santos, que integra o Conselho Editorial do MONITOR MERCANTIL, teve seu livro Balanço da Teoria da Dependência publicado na Argentina, onde a primeira edição se esgotou em duas semanas.

Colonialismo
O sociólogo peruano Aníbal Quijano, professor da UNMSM (Peru), destaca que as potências hegemônicas formam um “bloco imperial global”, integrado por EUA, União Européia e Japão, tendo como coadjuvantes o Canadá, a Austrália e Israel. “Há uma erosão contínua de tudo que é nacional e que está fora desse bloco. Por sua vez, a força de trabalho viva diminui, forçando a busca por “bicos” e outras formas de sobrevivência. Isto significa que a escravidão e o colonialismo estão de volta”, finalizou.

Lojistas
“Com as altas taxas de juros e com o aumento dos impostos, precisamos encontrar soluções para evitar a evasão e falência de empresas do Rio de Janeiro”, defende o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio de Janeiro (FCDL/RJ), Celso Bruno Faria. A entidade promove entre os dias 29 e 31 a 27ª Convenção Estadual do Comércio Lojista, na turística Búzios. Palestrantes como o ministro das Telecomunicações, Miro Teixeira, e o ex-governador Anthony Garotinho vão abordar temas como segurança pública, telecomunicações, Código Civil e inadimplência. Detalhes em www.fcdlrj.org.br

Revitalização
Portaria do ministro dos Transportes, Anderson Adauto, publicada no DO da União de quarta-feira autoriza as Companhias Docas do país a abrir processos de licitações para arrendamento de áreas nos portos, o que estava suspenso desde janeiro. O presidente da Companhia Docas do Rio de Janeiro, Antônio Carlos Soares, dá largada no processo e se reúne hoje com o prefeito de Niterói, Godofredo Pinto, para tratar do projeto de revitalização do porto daquela cidade. Docas cederá à Rede Ferroviária Federal, em regime de comodato, a antiga Estação Ferroviária General Dutra, que será transformada em centro cultural. O armazém 3 do Porto de Niterói será reformado para abrigar uma feira permanente de off-shore. Com as novas atividades, o Porto de Niterói terá condições de dobrar a sua arrecadação, nos próximos dois anos, gerando 400 novos empregos diretos e 1,2 mil empregos indiretos.

Agostinho Neto
A escritora portuguesa Maria Eugénia Neto, viúva do poeta e primeiro presidente de Angola, Agostinho Neto, recebe hoje a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, homenagem ao político angolano proposta pelo vereador Ricardo Maranhão (PSB). Será às 18h, no Salão Nobre da Câmara Municipal (Cinelândia).

Na rua
Enquanto a equipe econômica exibe o superávit primário (economia para pagar juros) de R$ 42 bilhões no primeiro semestre como um troféu confirmatório da sua macroeconomia, o país real continua emitir sinais de esgarçamento. Neste domingo, moradores do Parque Lar Nacional, na região de Sapopemba, na Zona Leste de São Paulo, protestam contra a ordem de reintegração de posse que desalojará 210 famílias. Além de uma passeata pelo local, os sem-teto prometem um panelaço. A área está ocupado há cerca de 30 anos, tempo em que se arrastam disputas entre moradores e aqueles que se dizem proprietários originais.

Dinastia
A prefeita de Magé, Narriman Zito, é a mais nova estrela do PT do Rio. A filiação foi aprovada pela Comissão Executiva Estadual do PT-RJ. Por ampla maioria, a decisão foi tomada após prolongada discussão, da qual participaram os representantes do Diretório Municipal de Magé. A solenidade de filiação deve ocorrer no início de setembro. Narriman é ex-mulher do prefeito de Caxias, José Camilo Zito, um dos comandantes do PDT no estado.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOrdem de grandeza
Próximo artigoSabotagem

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...