Hospital de Campanha Parque dos Atletas atendeu 621 com Covid-19

Atendimento gratuito e exclusivo para pacientes do SUS que tenham contraído o coronavírus.

Seguros / 23:01 - 9 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Viabilizado a partir de uma parceria público-privada, em um consórcio integrado por Qualicorp, Rede D’Or São Luiz, Stone Pagamentos, Mubadala, SulAmérica Seguros, Vale, Movimento União Rio e Banco BV, o hospital oferece atendimento gratuito e exclusivo para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) que tenham contraído o novo coronavírus. A unidade está no quarto mês de operação e será desativada a partir desta terça-feira (8).

Com capacidade para 200 leitos e gerido pela Rede D’Or São Luiz, o hospital atendeu pacientes de 27 municípios do Rio de Janeiro, encaminhados por 106 unidades públicas de saúde. Além disso, cerca de 90% dos usuários atendidos precisaram, em algum momento, de serviços da unidade de terapia intensiva (UTI).

De acordo com Pablo Meneses, vice-presidente da Qualicorp, os resultados mostram a importância da união entre as empresas e as instituições públicas e privadas em favor da população, sobretudo em um momento de pandemia. “As parcerias público-privadas se mostraram essenciais para contribuir com o cuidado à saúde das pessoas nessa que é uma das piores crises sanitárias de todos os tempos”, destacou o executivo. Segundo Meneses, “o principal legado dessa crise será, sem dúvidas, a solidariedade e a união de toda a sociedade”.

O Hospital de Campanha Parque dos Atletas foi custeado integralmente pela iniciativa privada. Ao todo, o consórcio investiu mais de R$ 62 milhões na construção e na manutenção da unidade.

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor