Hospício

Os recursos alocados pelos investidores institucionais nos mercados futuros de commodities saltaram de US$ 13 bilhões para US$ 260 bilhões, entre o fim de 2003 e março de 2008. No mesmo período, os preços das 25 commodities mais negociadas subiram, em média, 183%. Comparado com os montantes transacionados nos mercados acionários globais, o volume de recursos alocados pelos investidores institucionais nos mercados futuros de commodities é diminuto. A fonte é o Iedi

Desplugado
“As taxas de crescimento do Brasil em serviços de TI vem declinando ao longo dos anos, processo natural no caminho à maturidade, mas, mesmo assim, muito sedutor aos olhos externos”, afirmca Mauro Peres, country manager da IDC Brasil.
Hoje, a taxa está na casa dos 11%, deixando para trás os 20% que acumulava na década de 90 e os 15%, em 2000. No mundo todo, serviços de TI movimentam US$ 491 bilhões e a taxa de crescimento em pouco mais de 5%. Ao Brasil, que movimentou, em 2007, US$ 8,6 bilhões, cabe a fatia de 1,7% do montante mundial.  No ranking global de serviços de TI, de acordo com a IDC, o mercado brasileiro ocupa a 10ª posição, adiante dos outros integrantes dos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China), nos investimentos em serviços de TI.

PSOL
A Frente Rio Socialista, formada pelo PSOL e PSTU, realiza nesta sexta-feira, às 13h, a convenção que ratificará o nome do deputado federal Chico Alencar (PSOL) a candidato a prefeito da cidade do Rio de Janeiro. O ato será no salão nobre da Câmara dos Vereadores. A presidente nacional do PSOL, a ex-senadora Heloísa Helena, confirmou presença.

Cinzas
O deputado estadual Paulo Ramos (PDT) irá solicita, nesta sexta-feira, ao secretário estadual de Defesa Civil do Rio de Janeiro informações sobre o destino dos recursos oriundos do pagamento da taxa de incêndio. Esse dinheiro, segundo Ramos, teria de ser utilizado na compra de equipamentos, capacitação dos profissionais e modernização do Corpo de Bombeiros: “Só que todo esse dinheiro oriundo dessa taxa não vai para a corporação. É depositado no caixa do governo, cujo destino ninguém sabe, em vez de ser depositado no Fundo Especial dos Bombeiro, criado pelo próprio governo”, afirmou.

Dois em um
Quase uma semana depois do assassinato dos três jovens do Morro da Providência vítimas do macabro serviço de delivery oferecido por degenerados que conspurcaram a farda do Exército, a PM do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), finalmente, promete se mobilizar para prender os traficantes do Morro da Mineira, responsáveis pelos assassinatos. Cabral podia aproveitar para acionar as Corregedorias do Detran e da PM para apurar o tipo de serviços que a dupla formada por um integrante e um do segundo oferecem aos motoristas que passam pela Rua Itapiru, vizinha da Mineira.

Artigo anteriorSó rindo
Próximo artigoTrópicos
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Taxa de carbono vai custar quase € 800 mi à Turquia

Os exportadores turcos de produtos com alto consumo de energia, como cimento, aço e alumínio, poderão enfrentar custos adicionais exorbitantes quando as propostas legislativas...

Sonho da casa própria fica mais distante

Contratação de moradias com recursos do FGTS cai ano após ano.

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado de TI é alavancado pela pandemia

Tetris IT, empresa que desenvolve projetos de inovação digital, cresceu 300% em 2020.

Ações da ClearSale valorizam mais de 20% na estreia na B3

A ClearSale (ticker CLSA3) concluiu nesta sexta-feira a sua oferta pública inicial (IPO) na B3. A oferta movimentou R$ 1,3 bilhão sendo que, apenas...

Edital da Oferta Permanente inclui 377 blocos

A Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) publicou nesta sexta-feira nova versão do edital da Oferta Permanente, com a inclusão de 377...

Multa de R$ 500 mil para ‘fake’ sobre eleição

Uma multa de R$ 500 mil, caso repita as manifestações que questionem os últimos pleitos presidenciais realizados no país, faz parte uma ação que...

Bacia de Campos recua com redução drástica de investimentos

A Bacia de Campos, atualmente a segunda maior região produtora de petróleo do Brasil, registrou em junho a sua menor produção média dos últimos...