Imóveis para todos os fins

Leilão e Cia / 12:34 - 1 de ago de 2007

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Com dez por cento de desconto no pagamento à vista e parcelamento financiado em doze meses ou até 25 anos, após o sinal, serão apregoados por Murilo Chaves, autorizado pelo Bradesco, nada menos que 38 imóveis de uso residencial e comercial, terrenos e área rural, situados em diversas partes do Estado do Rio de Janeiro. Marcado para o dia 11 deste agosto, às 10h, no prédio da Firjan que tem endereço na Avenida Graça Aranha, nº 1, o leilão de Chaves II (que sucede a seu pai, Álvaro Chaves) tem fortes componentes para vir a ser um espetáculo, começando por realizar-se no Teatro Sesi. As unidades residenciais estão localizadas no Cachambi (lance mínimo de R$ 40 mil), Engenho de Dentro, subúrbio valorizado agora pelo Estádio João Havelange (o "Engenhão), Magalhães Bastos e também Laranjeiras, Recreio dos Bandeirantes, Tijuca, Niterói e na região da Costa Azul: Saquarema, casa que está avaliada em R$ 76 mil; e São Pedro da Aldeia. E não só, pois também estão na lista de alienação moradias disponíveis em Barra Mansa, Campos dos Goytaquazes, Resende e Volta Redonda. Para fazer negócios, prestar serviços e atender clientes de variadas áreas de atuação, Murilo Chaves colocará à venda, nesse alentado pregão, quatro salas que ficam no prédio da Av. Rio Branco, 131, duas no 4º andar e outras duas no sexto, unificadas fisicamente. Seis terrenos encontrados no Município de Três Rios, dentro do Condomínio Hípico Residencial Piabanha, em Bemposta, vão ser oferecidos com preços bases que partem de R$ 12 mil e chegam a R$ 19 mil - este valendo mais porque tem uma edificação. Para terminar, o leiloeiro Chaves conta com outras atrações para o show regido pelo martelo que apresentará no Teatro Sesi, dia 11: uma gleba de terras de aproximadamente 9,6ha da área chamada Campinho, em Teresópolis e ainda um imóvel comercial e residências situadas no Estado do Espírito Santo, na capital Vitória, em Vila Velha e em Marataizes. Interessados poderão saber tudo sobre os imóveis e condições de compra pelo tel: (21) 2474-3304 ou pelo site www.murilochaves.com.br Parque industrial Na próxima terça-feira, dia 7, Geraldo Duarte vai usar sua experiência, que não é pouca (foi preposto de Ernani III) para aquecer o ânimo do público esperado para arrematar os itens constantes da massa falida de Quality Embalagens Plásticas, grande parque industrial localizado na Rua José dos Reis, 1973, em Inhaúma. Pronto para a ação às 16 horas, no mini auditório do Fórum da Erasmo Braga, 115, Duarte conta com material de largo emprego no setor fabril para despertar interesse na platéia. São impressoras flexográficas, máquinas de corte e solda, máquina resfriadora de de água, prensas para vazamentos, excêntricas (?), pneumáticas, e hidráulicas, moinhos de borras plásticas e outras utilíssimas ferramentas profissionais próprias do ramo da Quality. Mais detalhes com o próprio leiloeiro ou sua equipe pelo tel: (21) 2263-0751. Olha a oportunidade! Nesta quinta-feira, segundo dia do mês de agosto, André Gil Gomes fará um leilão que parece de encomenda para empreendedores que precisem de um espaço no centro desta cidade para ancorar seus negócios. E como a Avenida Rio Branco é a via principal de movimento bancário e serve de caminho para se chegar a cartórios e outros pontos de interesse geral e utilização indispensável, é natural que seja um endereço desejado por grande maioria de business men. E para esses candidatos ao sucesso vale informar que o pregão de André Gil será realizado às 15h, no espaço de lances do Fórum carioca que fica na Erasmo Braga, 115, bem ao lado do hall de elevadores. Serão colocados à venda, por decisão da 16a Vara Cível desta capital, os grupos de salas numeradas de 2.102 a 2.109 do edifício situado no número 147 da que se chamou orgulhosamente de Avenida Central. As salas ocupam uma área de 551 metros quadrados, tomando todo o segundo andar do prédio e poderão ser adquiridas por unidade ou em bloco, a partir da avaliação de R$ 543 mil. Não havendo lances de arremate nesta primeira praça, as salas voltarão a ser apregoadas por André Gil no dia 14 deste mês, mesmo local e hora. Quem dá mais? Duas de uma vez São duas coletivas que merecem atenção e visitação sem perda de tempo. Inauguradas no último dia 26, as exposições "Reservatório de Idéias" e "SP Arte 2007" esperam por você no simpático Espaço Furnas Cultural, encontrado na Rua Real Grandeza, 219, em Botafogo. Com entrada franca, o público poderá apreciar as obras das duas mostras até o dia 26 deste agosto, de terça a sexta-feira, das 14h às 18h e também aos sábados, domingos e feriados, de 14h às 19h. A primeira reúne 25 trabalhos dos artistas gráficos Cláudio Gil, Fernanda Fonseca, Hannah23 e Yomar Augusto, não tendo precedente no País do gênero sketchbook, ou diários gráficos, estão sendo apresentados também painéis, com fotos ampliadas e um vídeo que destacam detalhes das obras, imperceptíveis a olho nu. A "SP Arte 2007" traz uma retrospectiva de sete artistas plásticos que receberam apoio de Furnas para participar da Mostra SP Arte 2007 realizada no pavilhão da Bienal de São Paulo. Com a utilização de variadas técnicas, os trabalhos são de Alexandre Diniz, Amanda Cordova, Anderson Eleotério, Maria Blasquez, Sandra Portto, Vera Hermano e Zitto Bedat. Ledy Gonzalez

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor