25.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 22, 2021

Indignação seletiva

Do ex-ministro Bresser Pereira, em artigo na Folha S. Paulo, provocando os que se indignaram com a derrubada de pés de laranjeiras pelo MST na fazenda da Cutrale, reivindicada pelo Incra, que acusa a empresa de grilagem: “Por que não nos indignarmos com o fenômeno mais amplo da captura ou privatização do patrimônio público que ocorre todos os dias no país? Uma resposta a essa pergunta seria a de que os espíritos conservadores estão preocupados em resguardar seu valor maior – o princípio da ordem – que estaria sendo ameaçado pelo desrespeito à propriedade”, questiona Bresser.

Ultraprivilegiados
O artigo do ex-ministro tucano, aliás, serviu de mote para discurso do deputado Ivan Valente (PSOL-SP) cobrando dos que assinaram a lista para instalar a CPI do MST o mesmo empenho em investigar os privilégios concedidos aos grandes ruralistas: “Quero investigar as isenções milionárias, os incentivos à exportação, o adiamento e o cancelamento de dívidas do Banco do Brasil para uma setor que já é ultraprivilegiado no nosso país”, destacou o parlamentou.

Filho feio
Valente também comparou o interesses pelas verbas destinada ao MST com a omissão em relação às investigações da CPI da Dívida Pública: “Senadores que assinaram isso, que assinem, sim, uma CPI contra os privilégios deste país, os ganhos milionários com juros e amortização da dívida pública. Está lá a CPI boicotada pela maioria dos partidos. Esta, sim, a dívida interna destinou R$ 282 bilhões ano passado para juros e amortizações. Isso ninguém quer investigar. Agora, uma entidade que usou R$ 5 milhões ou R$ 10 milhões precisa ser investigada.”

Depois passa
Em todo o mundo, 68% das crianças entre três anos e sete anos são acometidas de gagueira, percentual correspondente a 5% da população mundial. Deste percentual, 1% terá algum transtorno na fase adulta. Os dados, divulgados pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa) e pelo Instituto Brasileiro de Fluência (IBF), visam a chamar a atenção para as atividades para o Dia Internacional de Atenção à Gagueira, que comemorado quinta-feira: “Quanto antes for identificado o transtorno, mais eficaz será o tratamento, por isso focamos nos professores, que são as pessoas que primeiro têm contato com a dicção corrente da criança”, afirmou Leila Nagib, presidente do CFFa..

Influência social
A gagueira é um transtorno da fluência verbal, que ocorre quando o cérebro ignora um mecanismo de fala, como se ele não entendesse que a sílaba terminou de ser pronunciada. Por atrapalhar a comunicação, acaba por levar a pessoa ao isolamento social. Há três tipos de gagueira, sendo a mais comum a do desenvolvimento. Já a gagueira psicogênica tem causas psíquicas, se diferindo do primeiro tipo por se manifestar em adultos que nunca tinham registrado o distúrbio. A gagueira neurológica ocorre por algum acidente neurológico. A CFF observa que a manifestação da gagueira é fortemente influenciada pela interação com o ambiente.

Pegadinha
Cuidado, comerciários. Há empresas oferecendo serviços de fiscalização para ver como o consumidor está sendo tratado no balcão. O sistema usa até câmara oculta.

Circo do Tio Sam
O que mais chama a atenção no episódio do pai estadunidense acusado de espalhar o boato de que seu filho estava a bordo de um balão desgovernado, para obter divulgação para um programa de TV, é a existência de audiência e financiamento para a propagação desse tipo de patologia social. Uma sociedade na qual esse comportamento encontra eco como forma de ganhar dinheiro sofre de grave enfermidade.

Paradigma
Já no episódio dos PMs do Rio, entre eles um capitão, que aplicaram o ditado “ladrão que rouba de ladrão tem cem anos de perdão”, o mais chocante é a aparência de rotina na ação delituosa. Como se mais importante que socorrer uma vítima agonizante ou até o valor do objeto furtado fosse garantir a apropriação do “trabalho” do ladrão não-oficial, seja ele o que for, seja como tenha sido obtido.

Artigo anteriorEu sozinho
Próximo artigoTucanos virgens
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.

EUA: expectativa por novos estímulos fiscais traz bom humor

Futuros dos índices de NY estão subindo, mesmo após terem atingidos novos recordes históricos no fechamento do pregão anterior.

Ajustando as expectativas

Bovespa andou na quarta-feira na contramão dos principais mercados da Europa e também dos EUA.

Sudeste produz 87,5% dos cafés do Brasil em 2020

Com mais de 55 milhões de sacas a região é a principal responsável pela maior safra brasileira da história.

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.