Indústria da moda e têxtil é o terceiro setor mais poluente do mundo

1218
Loja de roupas (Foto: divulgação)
Loja de roupas (Foto: divulgação)

A indústria da moda e têxtil representa até 5% das emissões mundiais de gases de efeito estufa, sendo o terceiro setor mais poluente do mundo, depois de alimentos e construção, de acordo com relatório Fórum Econômico de Davos, publicado há um ano. As famosas fast fashion, conhecidas pelo barateamento da mão de obra e da matéria-prima, representam uma grande parcela deste índice, pois fortalecem um consumo desenfreado.

Já o estudo “Global Marketing Trends 2022” realizado pela Deloitte, mostrou que 94% dos jovens, entre 18 e 25 anos, esperam que as marcas se posicionem em relação a questões sociais importantes. A pesquisa ainda apontou que 57% dos consumidores se dizem mais leais a empresas que se importam com causas sociais e criam estratégias para combater esses problemas. Foram ouvidos 11.500 consumidores de todo o mundo, 500 deles brasileiros.

Leia também:

Apesar da melhora, setor da construção revela queda da atividade

Espaço Publicitáriocnseg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui