Inflação nos EUA atinge nível recorde em 4 décadas

Apesar do número ruim, bolsas subiram, e dólar caiu.

Os preços ao consumidor dos EUA em dezembro continuaram a subir na taxa anual mais rápida em quase 40 anos, o que pode levar o Federal Reserve a aumentar as taxas de juros mais cedo, informou o Departamento do Trabalho norte-americano.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) no mês passado aumentou 0,5% em relação ao mês anterior e 7% em relação ao ano passado, o maior aumento em um período de 12 meses desde junho de 1982. Em novembro, a alta foi de 0,8% em relação ao mês anterior e 6,8% anualmente.

O chamado núcleo do CPI, que exclui alimentos e energia, subiu 5,5% nos últimos 12 meses, ante 4,9% nos 12 meses encerrados em novembro, mostrou o relatório. O índice de energia subiu 29,3% em relação ao ano passado, e o índice de alimentos aumentou 6,3%.

Os dados de inflação foram divulgados um dia depois que o presidente do Federal Reserve dos EUA, Jerome Powell, disse que o banco central terá que aumentar ainda mais as taxas de juros se a inflação continuar alta.

Apesar do nível recorde, os mercados financeiros reagiram bem. As bolsas de valores subiram e a cotação do dólar caiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vestuário e calçados têm desempenho positivo entre redes de moda

Dia dos Pais impulsionou desempenho do setor; mercado de roupas usadas pode ultrapassar varejo de moda em 2024.

Bares e restaurantes tiveram o maior faturamento do ano em julho

Segundo associação do setor, 32% dos estabelecimentos operaram com lucro no período, enquanto 41% tiveram equilíbrio.

Xangai quer estimular mais o consumo

Será a primeira emissão de cupons eletrônicos para estimular o consumo

Últimas Notícias

Em um ano, Brasil perdeu 1,2 milhão de empresas

Entre abril de 2021 e o de 2022, Ltdas. e S/As foram as que mais fecharam; MEIs, apesar da proliferação, caíram 7,2% no período.

Rio restabelece parte dos serviços hackeados

Sistemas fazendários continuam fora do ar.

Preço dos medicamentos recuou 0,74% em julho

Após avançar 1,32% em junho, queda mensal observada foi inferior à variação do IPCA/IBGE.

Vestuário e calçados têm desempenho positivo entre redes de moda

Dia dos Pais impulsionou desempenho do setor; mercado de roupas usadas pode ultrapassar varejo de moda em 2024.

Bares e restaurantes tiveram o maior faturamento do ano em julho

Segundo associação do setor, 32% dos estabelecimentos operaram com lucro no período, enquanto 41% tiveram equilíbrio.