Inflação pelo IPC-S varia 0,60% na terceira quadrissemana de fevereiro

Maior contribuição partiu do grupo educação, leitura e recreação; nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item cursos formais

22
Estudantes jovens (Foto: Rovena Rosa/ABr)
Estudantes jovens (Foto: Rovena Rosa/ABr)

O IPC-S da terceira quadrissemana de fevereiro de 2024 variou 0,60% e acumula alta de 3,64% nos últimos 12 meses. Os dados são do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Nesta apuração, três das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo educação, leitura e recreação cuja taxa de variação passou de 0,73%, na segunda quadrissemana de fevereiro de 2024 para -0,14% na terceira quadrissemana de fevereiro de 2024. Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item cursos formais, cujo preço variou 1,82%, ante 3,04% na edição anterior do IPC-S.

Também registraram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: alimentação (1,38% para 1,18%) e despesas diversas (2,33% para 1,81%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: hortaliças e legumes (9,81% para 7,45%) e serviços bancários (3,84% para 2,80%).

Em contrapartida, os grupos transportes (0,36% para 0,63%), habitação (0,11% para 0,23%), saúde e cuidados pessoais (0,50% para 0,61%), vestuário (-0,20% para 0,06%) e comunicação (0,34% para 0,48%) apresentaram avanço em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: gasolina (0,84% para 1,70%), aluguel residencial (0,32% para 1,50%), artigos de higiene e cuidado pessoal (0,79% para 1,14%), roupas femininas (-0,22% para 0,40%) e mensalidade para TV por assinatura (0,57% para 1,30%).

Espaço Publicitáriocnseg

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui