Iniciativa

O presidente da Associação Nacional de Factoring (Anfac), Luiz Lemos Leite, contesta dados apresentados nesta coluna, no último dia 11, sobre investigações de irregularidades no mercado financeiro. Baseada em dados divulgados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a nota  informava que, das 102 denúncias recebidas, entre janeiro e setembro, pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), 55 envolveriam empresas de factoring. Segundo Leite, o próprio setor encaminhou ao Coaf, entre agosto e outubro, 28 – e , não 55, como a CVM, que integra o conselho, divulgou  – operações suspeitas para serem investigadas pelo órgão. Ele acrescenta que, dos 720 filiados à Anfac, 380 já indicaram representantes junto à Coaf para colaborar com o conselho.
A afirmação da nota, porém, de que, das 102 – segundo a CVM – ou 222 – de acordo com a Anfac – operações levadas ao Coaf, nenhuma resultou ainda em denúncia ao Ministério Público, não foi desmentida. Ou seja, pelo menos por enquanto, nenhum integrante da lavanderia Brasil tem motivos para perder o sono.

Vírus
Acostumada a infernizar a vida dos consumidores com o bug da telefonia, a Telemar sofreu ontem com vírus em sua rede de computador. Técnicos da empresa fornecedora do programa antivírus foram deslocados às pressas para ajudar a resolver o problema que afetou a companhia telefônica.

Opção
A frente parlamentar de oposição, formada por PT, PDT, PSB, PC do  B e PCB, lançou ontem no auditório da Câmara dos Deputados, em Brasília, o “Manifesto em Defesa do Brasil, da democracia e do Trabalho”. Elaborado pela coordenação política da frente, o documento, com nove páginas, critica a condução política, econômica e social do governo FH. O líder do PT, deputado federal José Genoíno, destaca a importância do manifesto, salientando que, “a partir de agora, as oposições terão um documento político, não se tratando apenas de palavras de ordem e alianças eleitorais”.

Era só piada
O vereador Áureo Ameno (PFL) deixou o prefeito Luiz Paulo Conde numa situação constrangedora. Ontem, durante jantar na casa portuguesa Trás-Os-Montes, o vereador disse, na presença do prefeito, que Conde daria isenção de IPTU a todos os portugueses. As assessorias de Conde e da secretária municipal de Fazenda, Sol Garson, apressaram-se em desmentir o anúncio, classificando a “notícia” de absurda.

13º
Os ganhos dos bancos com tarifas parecem não ter limites. Embora o custo seja zero, tem instituição cobrando taxa anual por cadastramento até para contas recém-abertas. No Banespa, por exemplo, essa tarifa está em R$ 15.

Desnacionalização e desemprego
O deputado federal Ricardo Maranhão (PSB-RJ) foi visitar um amigo em um condomínio na Barra. Ao chegar no portão não conseguiu entrar, pois uma enorme vala impedia o acesso do carro. Na vala, um operário instalava uma tubulação de gás. O deputado dirigiu-se ao operário e protestou: você está impedindo meu direito constitucional de ir e vir. O operário, assustado, falou: ô dotô, fala com o capataz que eu não tenho nada a ver com isso. Ricardo Maranhão, então, dirigiu-se ao capataz e, surpresa, o mesmo respondeu-lhe em espanhol. Detalhe: a Gás Natural, empresa responsável pela tubulação, é uma empresa espanhola.

Aos berros
A subprefeitura do Flamengo resolveu berrar contra a cultura. Usando dinheiro do contribuinte, o subprefeito, Marcelo Maywald,  instalou uma caixa de som voltada na direção das barracas da Feira do Livro, brindando os ouvidos de livreiros e leitores com as últimas notícias da sua administração berradas a todo volume. Livreiros que ousaram reclamar do excesso de barulho ouviram como resposta que “a praça é pública”. Pode ser, mas a boa educação também deveria ser.

Contribuição
O acampamento dos sem-terras em frente à fazenda do presidente FH, em Buritis, deu modesta, porém, simbólica contribuição para reduzir o “custo FH”, um dos itens menos falados do “custo Brasil”. Preocupado com o destino de sua propriedade, FH ordenou que o ministro da Reforma Agrária, Raul Jugmann, interrompesse seu passeio à Itália e retornasse ao Brasil, onde os gastos do ministro são em reais e não em lira ou em dólar.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFuso horário
Próximo artigoDrenagem

Artigos Relacionados

Deputado bolsonarista: servidor não pode ser sacrificado

‘Sociedade acha que não é o momento da reforma administrativa’.

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Prorrogação da concessão sem pagamento de outorga.

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Últimas Notícias

Pitch Night Mulheres no Comando

Grupo de mulheres investidoras anjo autofinancia startup de tecnologia lideradas por elas mesmas.

Limite de R$ 1 mil para saques entre 20 h e 6h deve dividir opiniões

Crescimento de golpes obriga BC a adotar medidas restritivas Na tentativa de evitar fraudes, o Banco Central adotou esta semana duas medidas restritivas: limite de...

Brasileiros começam a descobrir a Mesa proprietária

No Brasil o conceito ainda é desconhecido para a maioria das pessoas, mas é possível ganhar dinheiro trabalhando como trader no mercado financeiro e...

China: US$ 1,47 tri em aeronaves nos próximos 20 anos

O mercado de aviação da China criará uma demanda de novas aeronaves comerciais avaliada em US$ 1,47 trilhão nos próximos 20 anos, informou uma...

Cerca de 51% das ações ordinárias da ES Gás serão vendidas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o governo do Estado do Espírito Santo e a Vibra Energia (antiga BR Distribuidora) assinaram,...