Inovação tecnológica é a força motriz da recuperação da economia

Por He Yin.

Olhando para o mundo, é possível perceber que uma nova revolução tecnológica e transformação industrial está em ascensão, trazendo mudanças profundas para o desenvolvimento humano e proporcionando um novo caminho para resolver os problemas e atender aos desafios do desenvolvimento global.

Atualmente, o mundo enfrenta vários desafios, como a pandemia da Covid-19, e está particularmente ciente de que a ciência e a tecnologia têm um impacto profundo no futuro e no destino do país e na felicidade e bem-estar das pessoas.

A inovação tecnológica é a força motriz da recuperação da economia mundial. Um relatório divulgado pelo Fórum Econômico Mundial apontou que durante o período de prevenção e controle da epidemia, 10 principais tendências tecnológicas se aceleraram ainda mais, incluindo compras online e distribuição robótica, pagamento digital e sem contato, escritório remoto, educação remota, atendimento médico remoto, entretenimento online e cadeia de fornecimento 4.0, impressão 3D, robôs e drones, tecnologia da informação e comunicação 5G.

O Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas publicou um relatório pedindo aos formuladores de políticas de todos os países que aproveitem a oportunidade do avanço tecnológico para estabelecer uma estratégia digital para o futuro e apoiar o desenvolvimento sustentável de longo prazo do país.

Técnicos chineses e alemão (foto de Hua Xuegen, Diário do Povo Online)
Técnicos chineses e alemão no Parque Industrial Alemão de Kunshan, Jiangsu (foto de Hua Xuegen, Diário do Povo Online)

A China tem tomado a inovação como a primeira força motriz para liderar o desenvolvimento e entregar respostas inovadoras que têm atraído a atenção mundial, demonstrando o grande poder da inovação. O foguete Longa Marcha 5B fez seu voo inaugural, a sonda Tianwen-1 viajou para Marte, o sistema global de navegação por satélite Beidou-3 foi inaugurado, o submersível tripulado Fendouzhe completou o teste a 10.000 metros de profundidade na fossa das Marianas, a primeira unidade de energia nuclear da China usando a tecnologia Hualong One foi conectada com sucesso à rede energética, o protótipo de computador quântico Jiuzhang atinge a “superioridade quântica” e a cápsula de sonda Chang’e-5 regressou com amostras lunares. O brilhante desempenho da inovação científica e tecnológica da China continua a surpreender o mundo.

Atender às pessoas é a essência da inovação tecnológica. Os países devem explorar conjuntamente o estabelecimento de um sistema de políticas para o estabelecimento de uma nova revolução científica e tecnológica e mudança industrial e criar um ambiente de cooperação internacional, para que os resultados da inovação de tecnologia beneficiem mais países e pessoas.

O diretor do McKinsey Global Institute, Jonathan Woetzel, indicou em uma publicação nas redes sociais que, nos últimos 10 anos, a Ásia representou 52% do crescimento da renda das empresas técnicas globais, 43% do lançamento de fundos, 51% das despesas de pesquisa e desenvolvimento e 87% das aplicações de patentes. A cooperação é a chave para o aumento das tecnologias asiáticas.

A China sabe que a troca aberta é o caminho-chave para explorar a fronteira da ciência, promovendo ativamente a cooperação internacional de ciências e tecnologias, implementando mais estratégias de cooperação internacional abertas.

A China contribui com sua sabedoria e força para a implementação desde o projeto de reator experimental a fusão nuclear; se junta à Covax e promove as vacinas como bens públicos globais; divulgará métodos de gerenciamento de dados das amostras lunares e compartilhará com cientistas de todo o mundo; o Radiotelescópio Esférico de 500 Metros de Abertura (FAST, na sigla em inglês) da China, o maior rádio telescópio de disco único, estará disponível para serviço global a partir de 1º de abril.

A China fortaleceu a cooperação internacional de inovação em ciência e tecnologia com ações práticas para promover soluções para problemas globais e melhorar o bem-estar da humanidade, ganhando apreciação da comunidade internacional.

Hoje em dia, o mundo está enfrentando uma grande mudança jamais vista nos últimos cem anos, e a inovação tecnológica é uma das principais variáveis. Para buscar novas oportunidades em uma crise, o mundo precisa se dedicar à inovação tecnológica.

 

He Yin é jornalista do Diário do Povo.

Projeto especial Monitor Mercantil – Diário do Povo

Leia mais:

Alívio da pobreza ecológica beneficia e enriquece a população

Volume de entrega expressa alcançou 83 bilhões de itens em 2020

 

Artigos Relacionados

Alerj votará PL para assegurar correção salarial de servidores

Última reposição salarial para os servidores do estado foi em 2014.

Eletrobras: Firjan critica MP e recomenda veto presidencial

Para federação, emendas reduzem competitividade: 'é função do Governo Federal zelar pelo bom funcionamento do setor elétrico'.

EUA anunciam doar 3 milhões de vacinas ao Brasil

Carregamento com imunizante Janssen partirá de Fort Lauderdale, na Flórida, na noite de hoje, com destino a Campinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS e Ministério da Agricultura fazem live para lançar curso gratuito

Live no dia 7 de julho terá a participação de representantes do MAPA e especialistas em agronegócio.

Carta Fabril lança o papel higiênico premium Cotton Folha Tripla

Novidade foi desenvolvida para levar mais maciez com preço justo ao consumidor

LDZ Escola abre curso de animação digital 2D da ToonBoom Animation

Arte digital e cultura nerd beneficiam saúde e qualidade de vida.

Vendas Club traz conteúdo exclusivo para todo o Brasil

Propósito é prestar serviço para profissionais se manterem atualizados sobre o cenário de vendas.

Imóveis comerciais: segmento deve reaquecer de forma gradual

Desaquecimento por imóveis comerciais ocorreu por causa do home office imposto pelas restrições sanitárias.