Investimento chinês em pesquisa aumentará 7% ao ano até 2025

A China divulgou nesta sexta-feira um projeto de plano de desenvolvimento econômico e social para os próximos cinco anos e esclareceu os objetivos de longo prazo até o ano 2035, estabelecendo prioridades políticas para um novo estágio de desenvolvimento apresentado como crucial para o país alcançar a modernização socialista.

O documento, que está sendo revisado pela sessão anual em andamento da legislatura do país, listou as principais metas sociais e econômicas para o período do 14º Plano Quinquenal (2021-2025). No ano passado, o produto interno bruto do país alcançou 101,6 trilhões de iuans (cerca de US$ 15,6 trilhões). O número é 1.232 vezes maior do que em 1953, quando a China começou a implementar seu primeiro Plano Quinquenal.

Enquanto a China embarca em uma nova busca para se transformar totalmente em um país socialista moderno, o novo plano de cinco anos também traz novas missões. Pela primeira vez, frases como “inteligência artificial”, “tecnologia genética” e “rede do futuro” aparecem, destacando a determinação da China em fazer grandes avanços na ciência e tecnologia.

Os gastos do país com pesquisa e desenvolvimento devem crescer mais de 7% ao ano nos próximos cinco anos. Como muitos outros objetivos listados pelo esboço – do desenvolvimento impulsionado pela inovação, bem-estar das pessoas, à conservação ecológica – o indicador é uma “meta antecipada” em vez de obrigatória, segundo a agência de notícias Xinhua.

LEIA MAIS:

Investimento estrangeiro na China contraria tendência e cresce em 2020

Inovação tecnológica é a força motriz da recuperação da economia

Artigos Relacionados

Condições econômicas atuais recuou 0,1% em março

O Indicador Antecedente Composto da Economia Brasileira (Iace), divulgado nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e The Conference Board (TCB), caiu 2,2% em...

Mobility e Renault firmam parceria para leasing de veículos na Europa

A Mobility, um dos principais players brasileiros de locação de veículos para grandes agências de turismo nacionais e internacionais, firmou parceria com a Renault...

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.