IPCA é o maior para setembro desde 1994

Segundo o IBGE, inflação oficial fica em 1,16%; reajuste da tarifa de energia elétrica (6,47%) puxou a alta em habitação.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de setembro chegou a 1,16%. O índice, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é o maior para o mês de setembro desde 1994. Naquele mês, o índice marcou 1,53%. O IPCA ficou 0,29 ponto percentual acima da taxa registrada em agosto, que foi de 0,87%. Em 12 meses, o índice está em 10,25%, acima dos 9,68% registrados nos 12 meses anteriores. Este ano, o índice, que é a inflação oficial no país, acumula uma alta de 6,90%.

O percentual de setembro foi puxado pelos grupos habitação, com alta de 2,56% (0,41 ponto percentual) e transporte, 1,82% (0,38 ponto percentual). Segundo a análise do IBGE, o reajuste da tarifa de energia elétrica (6,47%) puxou a alta em habitação. Em relação aos transportes, o resultado foi causado pelos aumentos nos preços dos combustíveis (2,43%).

O IPCA é medido em 15 capitais brasileiras e o Distrito Federal para famílias com renda de um a 40 salários-mínimos.

De acordo com Felipe Sichel, estrategista-chefe do Banco Digital Modalmais, “estamos revisando a nossa projeção de IPCA para o ano fechado (8,7%) e mantemos nossa projeção de Selic em 8% em 2021.”

Segundo ele, “o IPCA de setembro avançou 1,16%, abaixo da nossa expectativa (1,30%) e da mediana do mercado (1,25%). Em 12 meses, o IPCA chegou a 10,25%. Nos grupos, os avanços de alimentação e bebidas (1,02%), habitação (2,56%) e transportes (1,82%) surpreenderam para baixo em 5, 4, e 7 bps, respectivamente, nossa expectativa. Já saúde e cuidados pessoais (0,39%) e despesas pessoais (0,56%) vieram acima do esperado.”

Felipe diz que a difusão melhorou em relação a agosto, porém continua elevada (64,99% em setembro ante 71,88% em agosto), olhando para os grupos, apenas habitação e saúde e cuidados pessoais pioraram em relação ao mês anterior. A média dos núcleos, por sua vez, registrou leitura de 0,68%, o maior valor desde fevereiro de 2016.

“Em suma, o IPCA continua elevado apesar de ter vindo abaixo das expectativas – nossas e do mercado. Industriais e administrados pressionaram o índice de setembro, enquanto serviços, ao retirar os subitens mais voláteis, deram uma aliviada. Estamos revisando a nossa projeção de IPCA para o ano fechado (8,7%) e mantemos nossa projeção de Selic em 8% em 2021.”

Já Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, diz que “o resultado surpreendeu o mercado para baixo, o que em inflação é positivo, ainda mais com a dinâmica ascendente que temos observado nos últimos tempos. Nossos desvios foram basicamente concentrados em Alimentação no domicílio, com destaque para carnes, cujo desvio foi de -6bps.”

“Ainda é muito cedo para ser taxativo em uma melhora da dinâmica inflacionária, mas sem dúvida a sinalização de hoje vai nesse sentido. Preliminarmente estamos com a projeção do ano em 8,6% após o resultado, vindo de 8,7%. Em breve enviamos todas as projeções recalibradas”, analisa.

 

Com informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vestuário e calçados têm desempenho positivo entre redes de moda

Dia dos Pais impulsionou desempenho do setor; mercado de roupas usadas pode ultrapassar varejo de moda em 2024.

Câmara do Rio cassa mandato de Gabriel Monteiro

Vereador foi julgado por quebra de decoro parlamentar.

Educação financeira para enfrentar dívida do cartão de crédito

Uma alternativa é a solicitação de empréstimo consignado, que tem juros menores.

Últimas Notícias

Vestuário e calçados têm desempenho positivo entre redes de moda

Dia dos Pais impulsionou desempenho do setor; mercado de roupas usadas pode ultrapassar varejo de moda em 2024.

Bares e restaurantes tiveram o maior faturamento do ano em julho

Segundo associação do setor, 32% dos estabelecimentos operaram com lucro no período, enquanto 41% tiveram equilíbrio.

China aprofunda cooperação agrícola pela segurança alimentar global

Quando os ventos sopram a exuberante fazenda de trigo que se estende por cerca de 300 hectares no noroeste do Zimbábue em agosto, é difícil acreditar que essa terra fértil era estéril há uma década.

Câmara do Rio cassa mandato de Gabriel Monteiro

Vereador foi julgado por quebra de decoro parlamentar.

ODI não financeiro da China sobe 4,4% de janeiro a julho

O investimento direto não financeiro (ODI, sigla em inglês) aplicado pela China no exterior atingiu 424,28 bilhões de yuans nos primeiros sete meses do ano, um aumento anual de 4,4%, mostram os dados oficiais nesta quinta-feira.