Jordânia exporta mais roupas e fertilizantes

No geral, vendas externas do país cresceram 1,2% em janeiro em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Departamento de Estatísticas

81
Contêineres no porto (Foto: Tânia Rêgo/ABr)
Contêineres no porto (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

As exportações gerais de fertilizantes da Jordânia cresceram 82,6% em janeiro deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com os dados do período divulgados pelo Departamento de Estatísticas e reproduzidos pela Petra, a agência de notícias do país. O levantamento mensal de comércio exterior mostrou também aumento nas vendas externas de roupas e acessórios e de preparações farmacêuticas.

De uma forma geral, informou a Petra com base nas estatísticas, as exportações jordanianas registraram 1,2% de aumento em janeiro na comparação ano a ano: de 586 milhões de dinares jordanianos em janeiro de 2023 (o equivalente a US$ 826,6 milhões) para 593 milhões em janeiro de 2024, equivalentes a US$ 836,5 milhões. As vendas de fertilizantes somaram 42 milhões de dinares jordanianos (US$ 59,2 milhões). Em janeiro do ano passado, foram exportados 23 milhões de dinares jordanianos (US$ 32,45 milhões).

Mesmo com essa expansão, houve categorias de fertilizantes que tiveram queda nas exportações. Foi o caso do potássio, cujas vendas recuaram de 48 milhões de dinares (US$ 67,7 milhões) em janeiro de 2023 para 44 milhões (US$ 62 milhões) em janeiro deste ano, e dos fosfatos, em queda de 54 milhões de dinares (US$ 76 milhões) para 42 milhões de dinares (US$ 59,2 milhões) na mesma comparação. Também caíram as exportações de joias, para 55 milhões em janeiro (US$ 77,6 milhões) de 2024 ante 70 milhões (US$ 98,75 milhões).

Outros produtos que registraram alta nas exportações foram roupas e acessórios, com vendas que somaram 132 milhões de dinares (US$ 186,2 milhões) e foram 21,2% maiores, e de preparações farmacêuticas, em alta de 8,8% sempre na comparação entre janeiro de 2024 sobre janeiro de 2023.

Espaço Publicitáriocnseg

Agência de Notícias Brasil-Árabe

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui