Julho deve ter deflação, preveem economistas

Redução dos preços dos combustíveis veio mais rápido que previsto.

A forte adesão dos estados à redução do ICMS deverá levar a uma deflação expressiva do IPCA já em julho. “A princípio, trabalhávamos com uma defasagem maior até o seu aparecimento nos preços, com deflação apenas em agosto. Mas, hoje, com todas as incertezas inerentes ao processo, vemos a chance de uma queda de 0,5% a 1% nesse mês”, analisam os economistas do Banco Original Marco Caruso (economista-chefe) e Eduardo Vilarim.

O IBGE divulgará o IPCA de junho na próxima sexta-feira, ainda sem captar os efeitos da redução dos preços dos combustíveis.

Os economistas ressaltam que a semana tem uma agenda econômica importante. O Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), divulgará a ata da última reunião na quarta-feira. Na sexta, saem dados do mercado de trabalho nos EUA.

“A volatilidade dos mercados segue alta, oscilando, grosso modo, entre duas grandes narrativas: o desafio desinflacionário é grande o suficiente para esperarmos uma recessão iniciada pelo BC norte-americano versus a esperança de que sinais de recessão despertarão o velho Fed, que aliviaria o aperto nas condições financeiras”, resumem Caruso e Vilarim.

De acordo com a análise, “hoje, o desafio concreto está na ponta inflacionária; em um segundo momento, talvez em meados de 2023, o desafio caminhará em direção à recessão”.

“Na nossa leitura, [o Fed] deverá seguir justamente o timing dessas duas narrativas; seguirá apertando os juros, com viés hawkish (inclinado a mais juros), monitorando em segundo plano a atividade. Nós entendemos que uma preocupação prévia com a possibilidade de recessão é precipitada.”

Leia também:

IPC-S recuou em quatro capitais de maio para junho

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Azul mantém Norte Fluminense e Gol vai montar hub na Bahia

Companhia aérea recebeu incentivos fiscais do governo baiano.

Mais navios deixam a Ucrânia com 58 mil t de milho

Três navios foram autorizados a sair com grão da Ucrânia.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.