Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

A inflação vai ajudar o governo a ter uma sobra para gastar em ano de eleição (veja nota abaixo); por outro lado, faz um estrago na popularidade do governo. Não foi preciso recorrer a bola de cristal para prever que a aprovação de Bolsonaro despencaria com o final do auxílio emergencial – afinal, foi o pagamento que melhorou a forma como o governo era avaliado.

O retorno do auxílio não é garantia de melhores dias para o presidente, não só pelo baixo valor (ainda que importante para quem está sem renda), mas também pela alta dos preços dos alimentos.

No ano passado, o valor médio do auxílio (R$ 846,50) comprava, em setembro, mês em que a aprovação de Bolsonaro batia recorde, uma cesta básica (valor de R$ 539,95 em São Paulo, segundo o Dieese) e ainda sobravam R$ 306,55.

Agora, com valor médio previsto por domicílio de R$ 250, será preciso acumular 2 meses e meio do pagamento emergencial para comprar uma cesta básica, cujo valor subiu para R$ 626 em março (SP).

Muitos analistas, com razão, atribuem a perda de aprovação popular de Bolsonaro ao alarmante número de mortes pela Covid. A pandemia (torce-se) deverá estar controlada até o final do ano, o que seria um alívio para o brasileiro e um alento para a candidatura do presidente.

Acontece que o estrago na economia continua, com poucas chances de melhora enquanto mantida a política contracionista. Os preços, especialmente dos alimentos, não dão sinais de trégua. O aumento previsto para o salário mínimo no ano que vem (R$ 47) mal dá para comprar 2 quilos de carne de segunda. A economia, uma vez mais, será decisiva.

 

Teto de investimentos

A inflação vai ajudar o Governo Bolsonaro a cumprir o Teto de Gastos em 2022, ano da eleição. Haverá aumento de R$ 107 bilhões no teto, para R$ 1,592 trilhão. Esta coluna já havia publicado alerta do economista Paulo Rabello de Castro para esse detalhe da lei, em que mais inflação acarreta maior liberdade de gastar.

Não é a única, nem a mais esquisita incongruência. Em debate com o presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Antonio Corrêa de Lacerda, no canal O Planeta Azul, o jornalista e economista José Paulo Kupfer ressaltou que não existe outro país – que aplique uma regra similar ao Teto de Gastos – que inclua investimentos. Igualmente, nenhum país colocou a regra na Constituição, nem dura tanto tempo como o nosso.

 

Gado

Apoiadores de Bolsonaro são adeptos da teoria da imunidade de rebanho, mas vem da Suécia – que tentou aplicá-la – novo exemplo de que é uma miragem: o país registrou semana passada a maior taxa de infecção por Covid (625/milhão) da Europa, quase 10x mais que a vizinha Finlândia.

 

Rápidas

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) concluiu a contratação da empresa Russell Bedford Brasil para a prestação de serviços de auditoria contábil e consultoria. O prazo do contrato se estende até o final de setembro *** A Associação de Supermercados do Rio (Asserj), através de seu braço educacional, Ideia, capacitou mais de 3 mil pessoas do setor supermercadista em cursos especializados nos últimos 12 meses. A capacitação está disponível aos supermercados associados e ao público geral.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Taxação sobre heranças reflete desigualdade

Apenas 0,5% da receita vem de impostos sobre bens deixados ou doados.

Chile, Paraguai, Colômbia… e o Brasil?

Crises políticas e sociais nos países vizinhos acendem alerta.

Na pandemia, BNDES vendeu ações que agora valem o dobro

Em nove meses, banco perdeu R$ 8 bi só em 1 operação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Aprovado projeto que asfixia o direito da minoria em sessões da Câmara

Mudanças começam a valer a partir desta quinta-feira.

Confiança da indústria está maior em maio

'Em meio à crise gerada pela pandemia, Estado tem que ser indutor do crescimento econômico', afirma presidente da CNI.

EUA: CPI teve variação acima do esperado

Foi o maior avanço mensal da leitura subjacente desde a década de 80 do século passado.

Latino-americanos viajam aos EUA em busca de imunização

Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções para que mexicanos viajem aos EUA a fim de receber a vacina contra a Covid-19....

Comportamento é misto na Europa nesta manhã

Nesta manhã, Paris opera em queda de 0,10%.