Justiça suspende resultado de concorrência do Sesc/Senac

Dezoito empresas foram desclassificados; escolhida tem preço 2 vezes superior ao da primeira colocada.

O desembargador Gilberto Campista Guarino, da 14ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, concedeu nesta sexta-feira tutela provisória suspendendo os efeitos das concorrências Sesc/ARRJ 005/2019 e Senac/ARRJ 10/2019, “obstando a contratação da vencedora”.

Como esta coluna informou na terça-feira, mais de 20 empresas participaram da disputa, sendo que 18 (17, segundo o Sesc/Senac RJ) apresentaram propostas com preço inferior ao praticado pela atual contratada, que havia sido selecionada em caráter emergencial, mas cujo contrato vinha sendo prorrogado, sucessivamente, a cada seis meses.

As 18 (ou 17) foram desclassificadas, e a 19ª colocada – exatamente a mesma que já vem prestando o serviço – foi declarada vencedora com um valor mensal R$ 1 milhão acima do oferecido pelas primeiras colocadas. Como a coluna previu, a justiça foi, uma vez mais, convocada.

Na quarta-feira, o Sesc/Senac do Rio enviou nota em que afirmou que “não procede a informação divulgada (…) Na licitação citada na coluna, 17 empresas não atenderam aos requisitos do edital. Das três classificadas por atenderem a todas as exigências, foi escolhida a de menor preço.”

Na sentença, o desembargador coloca dúvidas sobre o entendimento das duas entidades: “Causa espécie que, por uma questão, aparentemente, envolvendo um banal equívoco com a cotação de um profissional a mais para uma (única) unidade do Sesc (Campos), se entenda mais vantajoso para o interesse público eliminar concorrente cuja proposta comercial tem o valor global anual de aproximadamente a metade da vencedora.”

Cumpre, ademais, frisar que a proposta comercial da agravante [CNS Nacional de Serviços Ltda.] totalizou preço (…) anual de R$ 12.407.747,28, (…) ao passo que a 3ª ré (Logmans Logística Manutenção e Serviços Especializados Ltda.) sagrou-se vencedora com proposta cujo preço anual é de R$ 24.368.012,88.”

Procurados, Sesc e Senac ainda não responderam.

 

Ingratidão

A gratidão com a Globo fica só para o pessoal do PT. Apesar de a emissora ter injetado no Flamengo, em oito anos, R$ 520 milhões a mais do que no Vasco, ou R$ 598 mi mais que no Flu e R$ 711 mi mais que no Botafogo, o clube rubro-negro exige mais dinheiro para permitir a transmissão de seus jogos no Campeonato Carioca.

Além disso, o Flamengo entrou com ação na justiça em que cobra direitos de televisionamento do Campeonato Brasileiro das temporadas de 2019 a 2024. Segundo o clube, a Globo não teria cumprido proposta que previa negociação por cada mídia. O Flamengo ainda acusa a rede de TV de agir para esvaziar a concorrência do Esporte Interativo.

 

Volta por cima

A Novo Mundo, varejista forte na região Centro-Norte do país, é mais uma rede a apostar na volta dos carnês, modalidade na qual registrou aumento de pagamentos. O sistema permite maior número de parcelas do que os cartões de crédito e, para o lojista, traz três ganhos: fideliza o cliente, não paga taxa às operadoras de cartões e ainda embolsa os juros.

 

Brasil à deriva

A plataforma P-70 da Petrobras ficou meio à deriva nesta quinta-feira e acabou encalhando próximo a Gragoatá, Niterói (RJ). O problema espanta menos do que saber que a P-70 foi feita na China, quando poderia ter sido construída no Brasil, gerando empregos aqui.

 

Rápidas

As centrais sindicais realizarão, nesta segunda-feira, ato em Defesa do Emprego, dos Direitos Trabalhistas e Contra a Desindustrialização do Brasil. A concentração será às 9h, no Vão Livre do Masp, seguida de caminhada até a sede da Fiesp, também na Paulista *** O Laboratório de Responsabilidade Social e Sustentabilidade (Lares) do Instituto de Economia da UFRJ realizará o MBE Responsabilidade Social e Terceiro Setor. O curso é oferecido na modalidade ‘‘pós-graduação latu sensu’’. Informações aqui *** Estão abertas as inscrições para oficinas gratuitas que serão realizadas em fevereiro e março, de segunda a sábado, no AteliArte, que fica no Caxias Shopping, em parceria com o Sesc RJ *** A C&A inicia a edição 2020 do seu Programa de Talentos. Inscrições até 24 de fevereiro aqui *** “Você quer ser consultor(a)?” é o curso que o experiente profissional Luiz Affonso Romano, presidente da Associação Brasileira de Consultores (ABCO) realizará no Ibef Rio, dia 6, das 9h às 12h. Inscrições: [email protected]

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Eve desenvolverá modelo de operação de Mobilidade Aérea Urbana

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, e a Bristow Group Inc. (NYSE: VTOL), líder mundial em soluções de voo vertical, anunciaram, nesta...

China: Ampliar apoio à energia verde agrada banco de investimento

O Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (BAII) declarou que dá as boas-vindas ao anúncio da China de aumentar o apoio à energia verde...

XP: Preços de ativos podem sofrer na atual turbulência de mercado

Um dia depois do aumento de 1 ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic (agora em 6,25% ao ano), pelo Comitê de...

Projetos de energias renováveis em substituição ao uso do diesel

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Eletrobras firmaram um Pacto de Energia para atuarem conjuntamente na busca de soluções...

Proposta atualiza regulamentação sobre as cooperativas de crédito

Texto em análise na Câmara dos Deputados promove uma série de modificações na Lei do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), abordando o Projeto...