Klabin

As ações preferenciais da Klabin (Klbn4) enfrentam movimento de alta para o médio prazo após estabelecer aparentemente novo fundo. O papel tem influência no índice e continua com condições de se manter bem mais lucrativo, pois as medidas de reestruturação adotadas pela companhia na atual globalização, deverão se fazer sentir cada vez mais, e tal processo tende a gerar maiores benefícios para os acionistas, com excelentes perspectivas.
A Klabin domina bem o mercado brasileiro de papéis. Os gráficos mostram bom suporte na faixa dos R$ 4,50, onde se encontram os atuais compradores e resistência bem patente a partir dos R$ 5,05, onde deve novamente encontrar fortes vendedores  na atual  subida de curto prazo. Tudo indica que a consolidação continue, pois o interesse pelo papel nos níveis atuais se mantém e permite antever a ruptura e a cotação rumar para os R$ 5,60. Se, por outro lado, houver perda de força, os preços poderão cair até o nível dos R$ 4,05, onde outros grandes compradores se apresentarão no curto prazo. Nessa região, posições podem ser formadas sem a necessidade de fixação de stop.
O Indicador de Acumulação continua a sinalizar alta a partir dos  patamares de suporte. No longo prazo, tem sido sempre bem recomendada, pois é ótima opção de investimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAnálise Semanal
Próximo artigoPerdigão

Artigos Relacionados

Mercados caem em meio à expectativa de recessão

Hoje também é dia de dados de emprego no Brasil.

Mercados operam mistos de olho em pronunciamento de Powell

Atenção também a PIB nos EUA; internamente IGP-M veio abaixo do esperado e Oi reverte prejuízo.

Mercados em alta com reabertura de Xangai e Pequim

Hoje também é dia de Caged e relatório de dívida pública.

Últimas Notícias

Café torrado, óleo de soja e leite UHT retraem em 2022

Cesta de bens de consumo massivo representará 37% da renda dos latino-americanos em 2022.

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.