Kremlin diz que Otan está em conflito direto com a Rússia

Porta-voz da Rússia diz que declaração do secretário-geral da Otan sobre uso de armas representa confronto direto

139
Sede da Otan em Bruxelas
Sede da Otan em Bruxelas (Foto: Zheng Huansong/Ag.Xinhua)

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) está em confronto direto com a Rússia por causa do conflito na Ucrânia, disse nesta segunda-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov. No início do dia, o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, apelou ao levantamento das restrições à Ucrânia ao uso de armas fornecidas por membros da Organização para atacar territórios russos, de acordo com relatos da mídia.

Comentando as declarações de Stoltenberg, Peskov observou que “esta não pode ser a sua opinião pessoal”, dada a sua posição como chefe da Otan. Peskov disse que a Otan está diretamente envolvida no conflito na Ucrânia, acrescentando que a aliança está aumentando o grau de escalada.

A Rússia alertou repetidamente o Ocidente sobre permitir que a Ucrânia utilizasse as armas fornecidas para atacar o território russo durante o mês passado, com alguns líderes ocidentais falando sobre a possibilidade.

Os militares russos lançaram anteriormente exercícios militares envolvendo armas nucleares táticas como uma “resposta a declarações provocativas e ameaças de autoridades ocidentais individuais contra a Federação Russa”, segundo o Ministério da Defesa.

Espaço Publicitáriocnseg

Um ataque efetuado pela Ucrânia com drones, dia 23 passado, ao sistema de radar de defesa antimísseis Armavir da Rússia foi encarado pelos russos como um desafio aos exercícios militares com armas nucleares e mais um passo da Otan em direção a uma guerra total contra a Rússia.

Com Agência Xinhua

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui