Laboratórios só têm testes de Covid para mais 7 dias

Estoques baixos também na Prefeitura de São Paulo, que limitou testagem a grupos prioritários.

A quantidade de testes para detecção dos casos de Covid-19 e gripe Influenza diminuiu. Em mais da metade dos laboratórios privados do Estado de São Paulo só há testes suficientes para sete dias ou menos, mostra pesquisa feita pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios (Sindhosp), que ouviu 111 estabelecimentos entre 10 e 14 de janeiro.

A procura por testagem para o vírus Influenza, causador da gripe, cresceu 92% nos últimos 15 dias. Para a Covid-19, o índice cresceu 99% nesse mesmo período.

Para Luiz Fernando Ferrari, coordenador do Comitê de Laboratórios do SindHosp, a pesquisa constatou que a maioria dos testes positivos de Covid-19 ocorre na faixa etária entre 30 e 50 anos.

A falta de testes afeta também as unidades de saúde administradas pela Prefeitura de São Paulo. Os estoques estão baixos e, por isso, a administração municipal decidiu limitar os testes para grupos prioritários ou grupos de risco. Segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, fazem parte desse grupo as gestantes e puérperas, idosos, pessoas que se preparam para fazer cirurgia, profissionais da saúde e população em situação de rua. Para este grupo, disse ele, não devem faltar exames.

Leia também:

Covid: país tem 23 milhões de casos e 621 mil mortes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Carga de energia aumentou 2,2% em abril ante 2021

ONS: Subsistema Sudeste/Centro-Oeste registra variação positiva de 4,8%.

Conab aponta para safra de café em 53,4 milhões de sacas

Nos quatro primeiros meses, país já exportou 14,1 milhões de sacas de 60 kg; volume é 10,8% menor que o exportado em igual período de 2021.

Ações judiciais em todo o país contra a privatização da Eletrobras

Questionados impactos tarifários, transparência e contratos de concessão

Últimas Notícias

Itália é o segundo país europeu que mais vende alimentos ao Brasil

Portugal lidera ranking; Brasil também tem nichos de mercado para alimentos da Jordânia.

Cana: safra começa com qualidade e produtividade inferiores à anterior

Indicadores de qualidade e produtividade em abril são negativos, mas clima pode contribuir para a recuperação.

Ford anuncia venda da fábrica de Taubaté

No ano passado, montadora anunciou o fim de suas atividades no país.

Títulos chineses detidos por instituições estrangeiras diminuem

Instituições estrangeiras diminuíram suas participações em títulos interbancários chineses, segundo um relatório divulgado pela sede do Banco Popular da China em Shanghai.

Operações financeiras de Shanghai estão estáveis apesar da epidemia

O centro financeiro da China, Shanghai, conseguiu manter suas operações financeiras estáveis apesar do recente ressurgimento da COVID-19.