Leilão do 5G é amanhã, mas só sete capitais estão prontas para receber

Edital prevê que as empresas comecem a oferecer o 5G nas capitais até o dia 31 de julho de 2022.

O leilão do 5G acontece amanhã, às 10h, na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em Brasília. A abertura será feita pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, juntamente com o presidente da agência reguladora, Leonardo de Morais. Levantamento, entretanto, da Conexis Brasil Digital indica que das 27 capitais brasileiras, sete têm legislações para instalação de infraestrutura e antenas preparadas para a chegada do 5G: Boa Vista, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Palmas, Porto Alegre e Porto Velho. Essas capitais têm leis municipais com alta aderência à Lei Geral de Antenas, de 2015.

“O 5G vai exigir de cinco a 10 vezes mais antenas que o 4G, considerando a mesma área de cobertura, mas são antenas pequenas que podem ser instaladas nas fachadas dos edifícios”, explica o presidente executivo da Conexis, Marcos Ferrari.

O levantamento avaliou 10 itens, entre os mais importantes para a chegada do 5G estão: “não imposição de condicionamentos que possam afetar a seleção de tecnologia, a topologia das redes e a qualidade dos serviços prestados; não exigir licenciamento para infraestrutura de pequeno porte; procedimento simplificado e único para obter a licença; prazo de 60 dias para emissão de qualquer licença; e dispensa de novo licenciamento para incluir nova tecnologia ou infraestrutura.

O levantamento aponta ainda nove capitais com média aderência à Lei Geral de Antenas: Cuiabá, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Recife, Salvador e São Luís, e quatro cidades que estão trabalhando na alteração da legislação por leis mais modernas e aderentes à legislação federal: Belo Horizonte, Florianópolis, Rio de Janeiro e São Paulo.

Marcos Ferrari destaca ainda a importância do apoio do governo e da Anatel para a adequação das leis municipais que permitirão a instalação do 5G no Brasil.

“A Anatel, o Ministério da Economia e o Ministério das Comunicações prepararam uma minuta de projeto de lei padrão a partir da qual as Câmara municipais podem elaborar leis mais modernas e que facilitem a instalação de infraestruturas de telecomunicações”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Faturamento da indústria cai ao menor nível desde junho de 2020

É a terceira queda mensal consecutiva do faturamento real.

Preços na ‘porta de fábrica’ subiram 28,83% no acumulado em 12 meses

Refino de petróleo e produtos de álcool puxaram alta.

Governo fomenta desemprego desviando recursos da indústria naval

Verba do Fundo de Marinha Mercante foi usada para amortizar dívida pública.

Últimas Notícias

Gilberto Gil torna-se imortal da Academia Brasileira de Letras

O grande cantor, compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil foi eleito recentemente para a cadeira número 20 da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Embaixador: A China é muito importante para Chile

“Queremos mostrar ao mundo, principalmente à China, que mesmo Chile sendo um país pequeno na costeira da América do Sul e na borda do mundo, está bem perto da China”, disse em uma entrevista Luis Schmidt Montes, Embaixador Chileno na China.

Caixa e BB são destaques em governança mas Guedes quer privatizar

Estatais converteram prejuízo de R$ 35 bi em 2015 para superávit de R$ 135 mi em 2021.

O leilão beneficente da Jaguar Parade

Fundos se destinam à conservação de onças-pintadas em seus habitats.

Venda de imóveis novos em SP mantém estabilidade em outubro

Em valores monetários, houve queda do Valor Global de Vendas em relação a outubro de 2020.