Leão bonzinho

A isenção da cobrança de Imposto de Renda para estrangeiros que investem em títulos públicos implicou uma renúncia fiscal, apenas em 2007, de cerca de R$ 9 bilhões ao Tesouro Nacional. Esse número representou a não-cobrança sobre cerca de R$ 40 bilhões de IR de 22,5% para aplicações até 12 meses que incide sobre as aplicações dos nacionais sem sotaque. Em janeiro, o ingresso de cerca de R$ 3,4 bilhões com origem no exterior para esse tipo de aplicação resultou na não-arrecadação de mais R$ 765 milhões.

A descoberto
Em tempo, embora já tenha afirmado ser contrário a esse tipo de privilégio, concedido por seu antecessor Antonio Palocci, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, até agora não indicou de que forma pretende compensar essa renúncia. Descumpre, assim, determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Ordem na baía
A Comissão de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Rio entrou com ação coletiva contra a empresa Barcas S/A, em “função do descaso com o qual os usuários dos serviços vêm sendo tratados pela concessionária”. A comissão quer que sejam destinados mais guichês e funcionários para a venda dos bilhetes, a fim de acabar com o caos e os tumultos que se tornaram frequentes nas estações. Além disso, a ação – que tramita na 1ª Vara de Fazenda Pública – pede que a concessionária cumpra com rigor os horários de chegada e saída das embarcações, afixando-os em local visível, para que o usuário possa ter a certeza de que serão respeitados.

Bom para quem?
A euforia contida com que o governo comemorou o crescimento de 5,4%, ano passado, coincidiu com o recrudescimento da ação da imigração espanhola, criando um segundo embaraço, além do imbróglio diplomático. Afinal, se o país vai tão bem, por que cresce o número de brasileiros que se aventuram a enfrentar as agruras do exílio econômico para buscar emprego num país distante do seu?

Muy amigo
A propósito, quanto o BNDES já emprestou para empresas espanholas a juros camaradas?

Coelhinho congelado
A Kibon vai recorrer à Pascoa para tentar driblar a queda de consumo de sorvete que se segue ao fim do verão. A empresa estendeu ao público uma edição limitada de um sorvete de chocolate para a Páscoa. O produto, antes vendido exclusivamente para restaurantes e lanchonetes, é responsável pelo sabor do milk shake de chocolate de lanchonetes paulistas.

Outro lado
O Grupo Tortura Nunca Mais-RJ promove, no próximo dia 1, às 18h, a cerimônia de entrega da “20ª Medalha Chico Mendes de Resistência”. A atividade, que será realizada no Arquivo Nacional, na Praça da República, no Rio, irá homenagear, entre outros, Heloneida Studart e João Massena Melo (ambos in memoriam). Criada em 1988, a Medalha Chico Mendes foi uma resposta à iniciativa do Exército, ainda na época da ditadura e que, ao lembrar os 20 anos do golpe militar de 1964, homenageou com a “Medalha do Pacificador” personagens ligados à repressão.

Inflação
Em março de 2007, um cafezinho em Paris saía por uns 2 euros; agora, para tomar o mesmo café, devem ser desembolsados 3 euros. Em determinados lugares, o preço chega a 5 euros, e não se trata de lugar grã-fino.

Depois das urnas
Quem também sofre na França é o pequeno empresário. Depois de ouvir fartas promessas de Sarkosy, os empreendedores colheram foi aumento de impostos.

Utopia ou realidade
O professor Bayard Boiteux, diretor da Escola de Turismo e Hotelaria da UniverCidade, faz palestra dia 26, sobre “Políticas Publicas de Turismo: utopia ou realidade”. Promete uma exposição polêmica sobre estruturar cidades como produtos turísticos em médio e longo prazo. Será às 17h30, no Conselho de Turismo da CNC.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRedução e aumento
Próximo artigoHierarquia

Artigos Relacionados

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Últimas Notícias

Condomínios do Rio podem exigir comprovante de vacinação

É recomendado que tal exigência seja aprovada em assembleia por maioria dos presentes

Agronegócio brasileiro ainda está amadurecendo tecnologicamente

Por Regina Teixeira – Especial para o Monitor Mercantil

Livro traz bastidores de aquisições de startups por grandes empresas

Livro: 'Saída de Mestre: estratégias para compra e venda de uma startup'

Plano de assinatura garante um smartphone novo todo ano

A parceria une o propósito da Samsung de trazer inovação a cada lançamento - desta vez oferecendo sua terceira geração de smartphones - e...

WhatsApp testa funcionalidade de indicação de negócios em SP

Por enquanto só São Paulo terá esse recurso