Liberação do FGTS pode reduzir emprego

Em 2017, com medida similar, foram eliminados 329 mil postos de trabalho.

Conjuntura / 22:57 - 24 de jul de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O governo promete criar 2,9 milhões de empregos formais nos próximos dez anos com a liberação de parte dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A economia crescerá 0,35 ponto percentual mais que o previsto nos próximos 12 meses, garante o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida.

Há motivos para duvidar do otimismo dos cálculos. Em 2017, o Governo Temer recorreu a expediente similar diante de uma economia em queda livre. Os R$ 44 bilhões liberados provocaram um alívio passageiro na crise, mas não impediram que fossem eliminados 329 mil empregos com carteira de assinada ao final do ano.

Para o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro Ferreira, as regras sobre a liberação dos saques são soluções paliativas e sem sustentabilidade para enfrentar a crise de falta de emprego e renda no país.

“As pessoas vão pegar esses recursos, em sua grande maioria, e vão pagar suas dívidas. Na nossa avaliação, esses recursos não vão girar a economia como esperado”, afirma Ferreira. Além disso, a construção civil, que é o grande setor empregador no Brasil, sofrerá o maior impacto. Nos últimos 20 anos, foram R$ 70 bilhões investidos em saneamento, além de R$ 235 bilhões em habitação nos últimos dez anos.

“Retirar recursos de um fundo que fomenta o desenvolvimento, a criação de empregos e ajuda a diminuir o déficit habitacional é prejudicial ao país”, completou o presidente da Fenae.

A liberação anual do FGTS indica ser o caminho para a eliminação da multa rescisória de 40% em caso de demissão sem justa causa. A ideia, da equipe econômica, foi encampada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Leia também:

https://monitordigital.com.br/saque-do-fgts-pode-esconder-fim-da-multa-de-40

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor