Liberado

Ao revelar que aplicou mais de 30 mil multas por excesso de peso em 2004 em rodovias administradas pela iniciativa privada, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) admitiu que não houve fiscalização de excesso de peso na Ponte Rio-Niterói devido à proibição de circulação de caminhões no local durante o dia. Tradução: caminhões com excesso de peso à noite não serão pegos.

Rei posto?
Após as vaias recebidas por Lula, o Fórum Social Mundial (FSM) deve pôr a coroa, neste domingo, em seu novo rei: o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Centenas de cartazes foram espalhados por bairros da capital gaúcha convocando a população de Porto Alegre para ouvi-lo.

Compañeros
Aliás, Chavez e Fidel Castro estreitam cada vez mais o relacionamento entre seus países. No V FSM, no espaço das delegações dos dois governos, chamado “Casa Cuba – Venezuela”, pode-se conversar sobre as “revoluções cubana e bolivariana”… e também sobre petróleo. Cuba passa por uma de suas mais graves crises de abastecimento energético, buscando maior ajuda venezuelana nesse aspecto.

Pretexto
Em alguns países, os que defendem o respeito aos direitos humanos são tachados de terroristas e sofrem uma repressão cada vez maior, reclama o secretário-geral da Federação Internacional dos Direitos Humanos (FIDH), Luís Guillermo Perez. Em todo o mundo as restrições à liberdade de associação e expressão sob pretexto da luta contra o terror têm como objetivo silenciar os que denunciam a utilização de meios ilegais e inumanos para lutar contra o terrorismo. Em alguns países, a “guerra ao terror” deu legitimidade a velhos abusos em nome da segurança nacional, disse Perez, em Porto alegre, no V FSM.

Pleno emprego
A luta pelo emprego de qualidade, ou emprego decente, é o tema da Marcha pelo Emprego, que sai do cruzamento das avenidas Praia de Belas e Ipiranga neste sábado, às 17h. A passeata é organizada por entidades brasileiras de metalúrgicos. A proposta é incluir o tema na agenda de todos os sindicatos.

Imagem
Pesquisa feita com turistas brasileiros que visitam o Rio em janeiro mostra que a segurança é a principal preocupação para 48% – o dobro do percentual de visitantes estrangeiros que colocaram a insegurança como ponto negativo da cidade, segundo pesquisa feita pelos mesmos professores Bayard Boiteux e Maurício Werner, em 2004. Os brasileiros também criticam a mendicância e os ambulantes e se derretem em elogios quanto à natureza, alegria da população e serviços. O turista que visita o Rio nesta época do ano vem de São Paulo (32%), Minas (21%) e Rio Grande do Sul (14%); 65% já visitaram a cidade pelo menos uma vez e 96% pretendem voltar.
Outras cidades visitadas por turistas brasileiros durante a permanência no Estado do Rio foram Búzios (30%), Petrópolis (26%), Paraty (18%), Nova Friburgo (14%), Angra (8%) e Cabo Frio (4%).

TJ
O novo presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Sergio Cavalieri Filho, tomará posse na próxima terça-feira. A solenidade será realizada às 13h, no Plenário do Órgão Especial, no 10º andar do TJ (Avenida Erasmo Braga, 115).

Sinais trocados
Como esta coluna previu, com a vaia em Porto Alegre e a recepção calorosa em Davos, o presidente Lula explicita, tanto para seus críticos quanto para os ainda crédulos na promessas de campanha, a quem serve o seu governo.

Antídoto
A decisão do governo Lula de autorizar a venda de remédio fracionado é importante medida – infelizmente incomum – em defesa do consumidor. Por isso, deve estar preparado para enfrentar o forte lobby da indústria farmacêutica, eventualmente, “reforçado” por campanhas de mídia. Para garantir sua efetivação, além de mobilizar os consumidores para ajudar a fiscalizar seu cumprimento, deve perguntar por que os mesmos grupos estrangeiros que resistem à venda isolada de medicamentos no Brasil o fazem em seus países de origem, cumprindo as legislações locais?

Artigo anteriorPrioridades
Próximo artigoFraude nas bombas
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

IGP-M acumula inflação de 28,94% em 12 meses

Segundo FGV, taxa ficou em 2,53%, em fevereiro, após registrar 2,58% em janeiro.

Confiança do comércio tem leve alta em fevereiro

Segundo a FGV, é a primeira alta depois de quatro quedas consecutivas.

Balanço melhor que o esperado da Petrobras anima mercado nacional

Hoje, no exterior, Bolsas mundiais operam sem direção única.

O futuro está nas criptomoedas?

Quarta foi de intensa volatilidade nos mercados externos; por aqui com justificativa, ainda em função do imbróglio de Petrobras e Eletrobras.

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.