Ligação

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembléia Legislativa de São Paulo  que investiga irregularidades no processo de venda do controle acionário da distribuidora de energia Eletropaulo, deputado Antônio Mentor (PT-SP), disse estar convencido de que as relações entre a J.P. Borges, empresa de propriedade do ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) José Pio Borges de Castro Filho, e a Eletropaulo vão além do processo de privatização da empresa. Para Mentor, está comprovado que, após a saída de Pio Borges do banco, em 2003, a J.P. Borges prestou serviços de consultoria para a Eletropaulo.

Nota fiscal
“Ele participou de todo o processo de privatização, aprovando a linha de crédito do BNDES para a compra da empresa. Causou estranheza o fato de ele continuar com relações comerciais com a distribuidora de energia, mesmo após a venda. Temos a nota fiscal que comprova essa relação entre a J.P. Borges e a Eletropaulo”, explicou o deputado estadual paulista. Pio Borges foi presidente da estatal no período de 1998 a 1999 e, na época da privatização, em 1999, ocupava o cargo de vice-presidente.

Tentação
Presentear o seu amor gastando menos é uma das sugestões que o consultor financeiro Gustavo Cerbasi fará na palestra “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, nesta quinta-feira, na 4ª Expo Money, no Centro de Convenções Cidade Nova, Centro do Rio de Janeiro. Cerbasi vai falar sobre as finanças dos casais com filhos, sobre a crise financeira dos relacionamentos e como resistir à tentação de gastar. O consultor também fará palestra nesta quarta, abertura do evento, às 10h30; desta vez ele vai explicar “Como Conquistar e Manter a tão Sonhada Independência Financeira”. Os interessados em participar devem fazer a inscrição no site www.expomoney.com.br

Particular
Os altos índices de inadimplência e a elevada carga tributária são os dois principais assuntos da reunião da Federação Nacional das Escolas Particulares, nesta quinta-feira, em Niterói (RJ). O setor afirma movimentar 1,3% do PIB nacional.

Fundo perdido
O vice-governador do Rio e secretário estadual de Obras, Luiz Fernando Pezão, está no México, encantado com o sistema de habitações populares naquele país, em que as construtoras assumem a responsabilidade por instalar saneamento básico, escolas etc. As casas são financiadas através de um fundo tripartite, formado pelo governo, empresas e trabalhadores, semelhante ao FGTS. No condomínio de 13 mil casas que Pezão visitou, as unidades, de três quartos, medem de 60m² a 90m² e valem o correspondente a R$ 60 mil e R$ 90 mil - muito distante da realidade do trabalhador brasileiro, se não houver participação do governo a fundo perdido.

Incubada
Vale, Petrobras, Shell e L”Oréal estão entre os clientes da ID Projetos Educacionais, empresa nascida em 2001, na Incubadora da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro. No ano passado, a companhia das irmãs Andrea e Cecília Ramal faturou R$ 12 milhões e estima fechar 2007 com faturamento de R$ 20 milhões. A ID, que desenvolve projetos educacionais sob medida para empresas, acaba de ampliar uma de suas unidades de produção: a fábrica de material didático.

Sucesso e fracasso
Já está no prelo o novo livro dos professores Bayard Boiteux e Mauricio Werner, da UniverCidade. Excelência no atendimento: utopia ou realidade é baseado em 50 casos, em 50 países diferentes, e apresenta exemplos de sucesso e de destruição de imagem. Entre os cases estão a Gol, a Disney, o Hotel Ryatt, da Ilha Maurício, o The Palace, da África do Sul, a Thai, da Tailândia, entre outros.

Fuzilamento
O ostracismo do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) não é celebrado apenas pela oposição. Os líderes da campanha do “não” no plebiscito sobre o desarmamento também estão comemorando a queda de Renan, um dos principais defensores do “sim”.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÉ a indústria, estúpido!
Próximo artigoNegócio da China

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Arrecadação atípica de exportação de commodities turbina receita

Tributos alcançam quase R$ 1,2 tri em 8 meses e batem recorde.

Indústria da hipertensão e diagnóstico por imagem movimentará R$ 22 bi

Foram realizados cerca de 55,6 milhões de procedimentos ambulatoriais e hospitalares.

Receita apreende mercadorias piratas avaliadas em R$ 1 milhão

Foram apreendidos na operação 170 volumes de mercadorias englobando videogames e acessórios, roteadores, entre outros.

Prorrogada a CPI dos royalties do Rio por 30 dias

Prorrogação do prazo se deve à complexidade da matéria e aos vários documentos requisitados que ainda estão sendo recebidos pela comissão.

Governo dos EUA se prepara para paralisação na semana que vem

Em outra frente de luta, líder democrata Nancy Pelosi anuncia acordo sobre pacote de Biden.