Lojistas esperam aumento de 5% nas vendas de Natal

200
Comércio com decoração de fim de ano (Foto: Rovena Rosa/ABr)
Comércio com decoração de fim de ano (Foto: Rovena Rosa/ABr)

A poucas semanas para o Natal – a maior data comemorativa para o comércio, responsável por cerca de um terço do faturamento anual do setor -, os lojistas estimam um aumento de 5% nas vendas para o Natal. É o que mostra a pesquisa do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio) e do Sindicato dos Lojistas do Município do Rio de Janeiro (Sindilojas-Rio), que ouviu 350 lojistas da Cidade do Rio de Janeiro para conhecer a expectativa para o Natal.

A pesquisa mostra também que para estimular os consumidores os comerciantes estão fazendo promoções, descontos, planos de pagamentos facilitados, kits promocionais, liquidações, brindes, sorteios, lançaram novos produtos e aumentaram a variedade de mercadorias. Eles acreditam que os presentes mais vendidos no Natal serão roupas, calçados, brinquedos, bolsas e acessórios, celulares, perfumaria/beleza e bijuterias.

Para 59% dos lojistas entrevistados o preço médio dos presentes por pessoa deve ser de R$ 250 e que os clientes deverão utilizar o cartão de crédito como forma de pagamento, seguido pelo cartão à vista, Pix, dinheiro e a prazo. Para aumentar as vendas 60% dos entrevistados disseram que pretendem abrir as lojas aos domingos no mês de dezembro e estender o horário de atendimento. Para isso 68% dos lojistas de rua pretendem aumentar a segurança com equipes de apoio e melhorar o monitoramento com câmeras.

De acordo com Aldo Gonçalves, presidente do CDL-Rio, e do Sindilojas-Rio, a estimativa de vendas para o Natal é reflexo do clima que a data inspira, embora todas as datas comemorativas que o antecederam não atingiram a expectativa de crescimento estimada pelo comércio.

Espaço Publicitáriocnseg

“É o ambiente econômico quem dita o comportamento do consumidor. É a economia em desenvolvimento harmonioso que sustenta os ciclos de produção, emprego, consumo e progresso social. Não se conhece fórmula diferente”, diz Aldo.

Pesquisa realizada pela All in, em parceria com Opinion Box, revela que 60% do público no país inteiro está decidido a ir às compras neste Natal. Outros 19% responderam que não sabem, 12% que não tem intenção de comprar e 8% que já estão comprando. Do total dos compradores, 81% vão presentear mais de uma pessoa. O universo da pesquisa é de mais de mil consumidores.

Ainda entre os que vão comprar, já estão comprando ou já compraram itens para a data, 22% devem presentear três pessoas; 21%, mais de cinco pessoas; e 15%, duas pessoas. Já 13% desejam comprar alguma coisa para pelo menos duas pessoas e outros 13% ainda não sabem quantas pessoas vão presentear. A maioria desses presentes será para integrantes da família – em especial filhos (52%), mães (49%) e cônjuges (48%).

Entre os que vão comprar, já estão comprando ou estão em dúvida, quase a metade (49%) escolheu presentear com itens de moda e acessórios, seguidos por de beleza e cosméticos (33%), brinquedos (30%), eletrônicos e informática (30%) e casa e decoração (30%). E a ceia também está na mira dos consumidores, uma vez que alimentos e bebidas (28%) e supermercados (27%) também aparecem entre as principais categorias de intenção de compra.

As pesquisas sobre presentes acontecem principalmente em sites de marketplaces (44%), tanto virtuais quanto em lojas físicas (39%), pelo aplicativo do marketplace (39%), em sites de pesquisa (37%) e em lojas físicas (36%). Já as compras devem ocorrer principalmente nos marketplaces (50%) tanto em lojas físicas e na internet (41%) nos aplicativos das lojas (40%) ou só nas lojas físicas (40%).

Foram ouvidos 1.077 consumidores, entre os dias 02 e 07 de novembro de 2022, respeitando as proporções de sexo, idade, renda mensal e distribuição geográfica. O nível de confiança do estudo é de 95%, com uma margem de erro de 3 pontos percentuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui