23.8 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Lá como cá

A re-reeleição de Michael Bloomberg em Nova York ocorreu por uma margem bem mais apertada do que tentavam fazer crer as pesquisas de opinião da véspera do pleito. A vitória foi com 51%, contra 46% do democrata William Thompson. As pesquisas davam a Bloomberg uma vitória folgada, com 15 a 20 pontos de vantagem.

SOS Candido
O reitor da Universidade Candido Mendes (Ucam), Candido Mendes, comparece, nesta quinta-feira, às 11h, à Comissão de Trabalho da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) para debater a grave crise financeira que atinge a instituição: “Queremos o melhor para os alunos e para os trabalhadores. Recebemos uma denúncia sobre o encerramento do curso de Direito e do possível fechamento de algumas unidades. Precisamos garantir o direito dos alunos e de todos profissionais da universidade. Uma faculdade, mesmo privada, tem o respaldo do Ministério da Educação e não pode deixar seus alunos sem aulas e nem seus funcionários sem salários”, destaca o presidente da comissão, deputado Paulo Ramos (PDT).

Fim de linha?
Segundo a Associação de Professores e Funcionários da Universidade Candido Mendes (Procam), os alunos de Direito da unidade do Centro estão sem aulas desde 21 de setembro. Já os professores reivindicam o recebimento dos salários de agosto, setembro e outubro e a retomada do calendário de pagamentos estabelecido em março. De acordo com o Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (Sinpro-Rio), até março, a dívida da Ucam com o INSS era de quase R$ 23 milhões e a com o FGTS era de cerca de R$ 48 milhões. Naquele mês, o débito em execuções fiscais somaria cerca de R$ 3 milhões, o de ações trabalhistas ultrapassaria R$ 20 milhões e a dívida com a Caixa Econômica Federal teria alcançado R$ 20 milhões.

Fora dos muros
Diante da gravidade da situação, outros segmentos se mobilizam para buscar uma solução para o problema. Também devem participar da audiência representantes do Ministério Público Estadual, da Academia Brasileira de Letras, da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), do Sinpro-Rio, da Associação de Professores e Funcionários da Universidade Candido Mendes (Procam), da Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Prevenção
O geólogo Claudio Amaral, do Serviço Geológico do Rio de Janeiro (DRM-RJ), participa nesta quinta do Fórum Empresarial da Indústria de Areia e Brita da Firjan, para falar sobre o Centro de Previsão de Riscos do DRM.

Água sem validade
Está tramitando na Câmara dos Deputados o Projeto de Decreto Legislativo 1968/2009 para sustar as portarias 387/08 e 358/09 do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), que estabeleceram o prazo de três anos de vida útil dos recipientes de 10 e 20 litros de água mineral. O projeto atende a interesses da Afrebras, que reúne fabricantes de bebidas. “É nítido que a norma precisa ser estudada com mais cautela, visto que, entre outros aspectos, não foram apresentados estudos técnicos que confirmassem a expectativa de durabilidade estipulada”, alerta o presidente do Núcleo de Água Mineral da entidade, Fernando Rodrigues de Bairros.

Folga
O Detran-RJ acabou – diz temporariamente – com vistorias para o licenciamento anual obrigatório aos sábados. A medida foi tomada por causa da redução do tempo para a realização da vistoria: hoje, segundo o órgão estadual, pode-se agendar uma vistoria na capital e Região Metropolitana em dois dias; no interior, em apenas um dia.

Reinvenção da roda
O Credicard lançou, nesta quarta-feira, produto revolucionário: o consumidor pode pagar compras ou serviços até R$ 50, por dia, sem assinatura nem senha. Engraçado, esse produto parece com outro que conhecemos há milhares de anos: o dinheiro. Difícil entender qual a vantagem de sair com um aparelho, que pode ser carregado com R$ 200, tornado-se prato cheio para ladrões, ou prejuízo certo se perdido. Ah, uma vantagem: pode-se mergulhar na praia sem medo de molhá-lo.

Artigo anteriorSai da frente
Próximo artigoGatos gordos
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.