26 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, janeiro 20, 2021

Às vésperas de nova reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), os defensores de uma queda para valer dos juros ganham importantes argumentos vindos dos Estados Unidos. Cerca de 50% do crescimento norte-americano de 7,2% no terceiro trimestre se deveu aos gastos dos consumidores. No segundo trimestre, os consumidores já tinham respondido por 80% do crescimento. A principal mola do aumento dos gastos foi a taxa básica de juros, fixada pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em 1% ao ano, o que tornou mais barato o crédito ao consumidor e as prestações da casa própria.

Lá e cá
Taxa de juros baixa, no entanto, é condição indispensável, mas insuficiente, isoladamente, para manter o crescimento. Com o déficit externo dos Estados Unidos se aproximando de US$ 500 bilhões, cresce a pressão sobre o Fed para que eleve o juro para atrair novos investimentos em títulos do Tesouro. Ou seja, lá como cá, sem aumento da renda e do emprego, não existe crescimento sustentável.

Missão impossível
Assustada com o avanço das vendas das cervejas populares e com a conseqüente queda no seu faturamento de 70% para 66% a Ambev está enviando representantes comerciais para uma missão. Eles vão nos bares e restaurantes pedir aos donos dos estabelecimentos que baixem os preços da cerveja Skol. Porém não oferecem qualquer tipo de desconto, acreditando que os comerciantes vão abrir mão sozinhos de sua margem de lucro. O desconto poderia até dar prejuízo: um bar na Baixada Fluminense que vende a Skol por R$ 2,20 recebeu a sugestão de baixar o preço para R$ 1,99. A Schin sai por R$ 1,50 e as mais baratas até por R$ 1,30.

Banestado
Afastada dos holofotes da grande imprensa, a CPI Mista do Banestado continua suas investigações. Os parlamentares farão audiências públicas em Foz do Iguaçu e Curitiba (PR) nos dias 20, 21 e 22; e em Campinas (SP), de 27 a 29 de novembro.

Escolinha do César
Domingo, à tarde, na Praia de Copacabana, funcionários da Prefeitura do Rio distribuíam folhetos explicativos sobre o Programa Germinal Mel, cujo objetivo, segundo a explicação oficial, é oferecer aulas gratuitas e atividades culturais e de lazer para 300 comunidades carentes. Tudo muito meritório. Ao mesmo tempo, no entanto, um carro de som alugado pela mesma prefeitura exibia em elevados decibéis edificantes músicas socioeducativas, como A dança da manivela.

Ética
Efeitos de transgênicos, reprodução assistida, aborto, eutanásia e a aplicação da biotecnologia serão discutidos no 1º Congresso de Bioética do Estado do Rio de Janeiro, que começa amanhã na Fundação Oswaldo Cruz. Mais informações em www.bioetica-rio.org

Nosso risco
O primeiro livro de gestão de riscos que fala a língua do nosso mercado. Organizado por Antonio Duarte (Ibmec) e Gyorgy Varga (FGV), Gestão de Riscos no Brasil (FCE) se volta para a realidade brasileira. A publicação é composta por 46 artigos escritos por 63 autores que analisam os principais aspectos práticos e teóricos do assunto no mercado brasileiro.

Debates
“Estratégias para o Desenvolvimento” é o tema da palestra do economista Cláudio Haddad, presidente do Ibmec Business School e Ph.D. pela University of Chicago, na segunda edição do Ibmec Debates. Será amanhã, às 14h, na Av. Rio Branco, 108, 5º andar.

Artigo anteriorParceiros
Próximo artigoOuro azul
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportações de suco de laranja recuam 23% entre julho e dezembro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa.

Os desafios para Joe Biden nos EUA

Avanço da Covid-19 pode fazer com que democrata e equipe tenham que apagar alguns incêndios no começo do mandato.

Mercados sobem em véspera do Copom

Campos Neto, presidente do BC, participa da primeira sessão da reunião do Copom.

Mercados locais sobem seguindo Bolsas mundiais

Dia amanhece com tendência de alta para o mercado interno, seguindo NY na volta do feriado.

Contra tudo temos vacina

Dia promete ser de mais recuperação da Bovespa, dólar fraco e juros em queda.