25.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 22, 2021

Lucro do JPMorgan supera previsões de analistas

O JPMorgan fechou o segundo trimestre com lucros de US$ 6,5 bilhões, aumento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado, que superou as previsões dos analistas. O resultado líquido por ação foi de US$ 1,6, quando os analistas apontavam para um valor de US$ 1,45.
O maior banco norte-americano por ativos conseguiu assim afastar os receios de abrandamento nos resultados do setor nos Estados Unidos, tendo sido o primeiro a reportar as con-tas do segundo trimestre. O CEO, Jamie Dimon, destacou a forte performance conseguida em todos os negócios do banco.
O JPMorgan obteve resultados recorde nos últimos três anos, beneficiando da política da Federal Reserve de juros perto de zero e da compra de dívida pública para impulsionar a economia.
As receitas totais subiram 13% para US$ 26 bilhões, com o banco se beneficiando sobretudo do aumento das receitas no trading de ações e obrigações, num trimestre em que as bolsas norte-americanas atingiram máximos históricos.
Na unidade do banco de varejo o lucro caiu para US$ 3,1 bilhões e na divisão de empresas e banco de investimento os resultados líquidos aumentaram para 2,8 bilhões. As comis-sões no banca de investimento subiram 38%.
O resultado do segundo trimestre de 2012 poderia ser maior se não fossem apostas erradas em derivativos de bilhões de dólares. O banco disse que a receita com renda fixa e ações subiu 18% no trimestre, na comparação com um ano antes.
A divisão de corporativa e de private equity, que um ano atrás teve prejuízo de quase US$ 1,8 bilhão após impostos devido ao escândalo com derivativos conhecido como “London Whale”, teve perdas de US$ 522 milhões no segundo trimestre deste ano.
As receitas com hipotecas caíram 14%, para US$ 1,1 bilhão. O JPMorgan é o segundo maior banco de hipotecas dos EUA, após o Wells Fargo, com 11 por cento de participação de mercado.
 

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.

EUA: expectativa por novos estímulos fiscais traz bom humor

Futuros dos índices de NY estão subindo, mesmo após terem atingidos novos recordes históricos no fechamento do pregão anterior.

Ajustando as expectativas

Bovespa andou na quarta-feira na contramão dos principais mercados da Europa e também dos EUA.

Sudeste produz 87,5% dos cafés do Brasil em 2020

Com mais de 55 milhões de sacas a região é a principal responsável pela maior safra brasileira da história.

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.