30.4 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, janeiro 21, 2021

Mãos grandes

Os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Roberto Requião (PMDB-PR) querem a anulação dos leilões de petróleo do pré-sal realizados pelo Governo Temer, informa a Rede Brasil Atual. A pressão vem após revelações feitas no final de semana pelo jornal britânico The Guardian de que o ministro de Comércio do Reino Unido, Greg Hands, veio ao Brasil fazer lobby em defesa dos interesses das petrolíferas britânicas BP, Shell (anglo-holandesa) e Premier Oil. Entre as exigências dos britânicos, o relaxamento da legislação ambiental, a redução de impostos e o fim das exigências de conteúdo local na exploração do pré-sal. Só de benefícios tributários, a equipe econômica de Temer acena com renúncia fiscal de R$ 1 trilhão em 25 anos.

A redução de impostos ocorre ao mesmo tempo em que o governo quer reduzir as aposentadorias. Também o Banco Mundial desaba em críticas sobre o “ineficiente” Estado brasileiro, mas nada diz sobre os benefícios a multinacionais, nem sobre os absurdos juros pagos sobre a dívida pública.

 

Veneno

As mudanças que o Governo Temer pretende implantar no Aqui Tem Farmácia Popular confirmam a redução nos programas sociais. Difícil acreditar que o objetivo real é de reduzir custos, apesar de ninguém duvidar que os laboratórios aproveitam para praticar um preço altamente lucrativo.

Para as farmácias, segundo Edison Tamascia, presidente da Febrafar, o programa deve ser mantido, mas o governo precisa compreender “as dificuldades relacionadas com a realidade tributária brasileira”. Além disso, “não são todas as lojas que conseguem os melhores descontos”. “Assim”, frisa Tamascia, “acreditar que valores com descontos seriam possíveis para todos estabelecimentos é um erro.”

Em uma discussão em que todos gritam, e ninguém tem razão, fica de fora o maior interessado: o cidadão, que já enfrenta falta de remédios após o fim das unidades próprias do Farmácia Popular.

 

Só para os clientes

Sincera é a argumentação dos advogados do Itaú em uma ação trabalhista em que o empregado pedia indenização de R$ 16 bilhões (para chegar nesta fortuna, usou os mesmos juros que os bancos cobram dos clientes). Disse o advogado que, “com a taxa de juros praticada para empréstimos de maior risco”, gera-se “uma distorção gigantesca do crédito”.

O caso acabou em acordo, de R$ 382 mil.

 

Imperatriz

Os 200 anos da chegada da Princesa Leopoldina ao Brasil foram comemorados neste sábado no Palácio São Clemente, onde se localiza o Consulado de Portugal no Rio de Janeiro. A Academia Leopoldina, com músicos da Áustria e do Brasil, apresentou um programa dos autores preferidos da Imperatriz, entremeado com a leitura das cartas da Princesa mostrando o seu amor por D. Pedro e pelo Brasil, além da sua decisiva importância na nossa Independência. A celebração apoio do governo da Áustria.

O evento faz parte das comemorações dos 20 anos do projeto Música no Museu, que continuaram no domingo, na Igreja da Glória, e que se encerram em 27 de dezembro no CCBB.

 

Mitos e realidades

O Islã é uma religião compatível com a modernidade? Qual é o papel do diálogo inter-religioso na busca pela cultura de paz mundial? Questões como estas estarão em discussão no curso O Mundo Islâmico, que será realizado entre 4 e 8 de dezembro no Instituto Rio Branco, em Brasília. Realizado pela Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e o Instituto Rio Branco, o curso chega à quinta edição.

 

Rápidas

O Comitê de Responsabilidade Social (Cores) da Fiesp realizará nesta quarta-feira, pela manhã, seminário sobre o conceito de investimento social como um valor de negócio *** O pesquisador Armando Castelar Pinheiro e o advogado Leonardo Coelho Ribeiro traçam um panorama do setor ferroviário no Brasil em Regulação das Ferrovias, que será lançada pela Editora FGV e pelo Ibre nesta quarta-feira, às 18h, na Livraria FGV, no Rio *** A FGV EESP realizará nesta quarta-feira, a partir das 19h, seminário sobre uma década do Bitcoin. Informações: facebook.com/FGV.EESP *** O Rio Convention & Visitors Bureau é presença confirmada na ITBM World, principal feira de turismo de negócios, incentivos e eventos de Barcelona, entre 28 e 30 de novembro, e na USTOA, Conferência da Associação Americana de Operadores de Turismo, que será realizada em Hollywood, entre 28 de novembro e 2 de dezembro.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.

EUA: expectativa por novos estímulos fiscais traz bom humor

Futuros dos índices de NY estão subindo, mesmo após terem atingidos novos recordes históricos no fechamento do pregão anterior.

Ajustando as expectativas

Bovespa andou na quarta-feira na contramão dos principais mercados da Europa e também dos EUA.

Sudeste produz 87,5% dos cafés do Brasil em 2020

Com mais de 55 milhões de sacas a região é a principal responsável pela maior safra brasileira da história.

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.