Macron reforma Gabinete da França

A primeira-ministra Elisabeth Borne deve apresentar hoje o programa do novo governo na Assembleia Nacional.

O presidente francês, Emmanuel Macron, reorganizou seu governo na segunda-feira pela segunda vez em seis semanas, anunciou o Palácio do Eliseu, sede da Presidência do país.

A primeira-ministra Elisabeth Borne, nomeada por Macron em 16 de maio, deve apresentar o programa do novo governo na Assembleia Nacional nesta quarta-feira.

Três ministros perderam seus assentos nas eleições legislativas de junho e agora foram substituídos. São Brigitte Bourguignon (Saúde), Justine Benin (Mar) e Amelie de Montchalin (Transição Ecológica). A ex-ministra dos Territórios Ultramarinos, Yael Braun-Pivet, também desistiu de seu cargo e foi nomeada presidente da Assembleia Nacional. O ministério de Braun-Pivet será assumido por Gerald Darmanin, que também manteve seu cargo de ministro do Interior.

O anterior ministro da Solidariedade e Coesão Social, Damien Abad, acusado de tentativa de violação, foi substituído pelo anterior chefe da Cruz Vermelha francesa, Jean-Christophe Combe.

O novo governo tem 41 membros com 16 ministros, 15 ministros-delegados e 10 secretários de Estado.

 

Agência Xinhua

Leia também:

Emprego cresce na Espanha após mudanças na reforma trabalhista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior

Coronel fiscal de eleições dissemina informações falsas

TSE deixa aberta a possibilidade do a pasta indicar outro nome

Arábia Saudita cria fundo para pequenos negócios do turismo

Programa vai apoiar duas mil pequenas empresas turísticas de pequeno porte no país com US$ 133 milhões.

Últimas Notícias

Armazém Cultural: Câmara debate veto do prefeito do Rio

.Comissão de Justiça e Redação recomenda rejeição ao veto

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Governo de MG conclui leilão de 627,4 km de rodovias

Investimentos de R$ 3,2 bi, sendo R$ 1,4 bi nos oito primeiros anos da concessão

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior