Maia: reforma puniu mais trabalhador que empresário

Presidente da Câmara diz que alguns empresários pensam em recriar a CPMF “para que a sociedade pague a conta” na reforma tributária.

Política / 23:14 - 18 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu nesta terça-feira que a reforma da Previdência puniu mais a sociedade que o empresariado. Maia deu a declaração ao participar de evento promovido em São Paulo pelo banco BTG Pactual.

“Infelizmente, elite também erra, porque quer que a sociedade pague a conta da redução do custo de alguns setores da economia. Mas temos que falar a verdade. Na [reforma da] Previdência, a sociedade pagou mais a conta do que os empresários. Na tributária, todos vão ganhar, porque o Brasil vai crescer”, disse.

Sobre a reforma tributária, Maia disse que alguns empresários pensam em recriar a CPMF “para que a sociedade pague a conta”.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor