Mais barato

A pulverização das vendas de ações da Petrobras e do setor elétrico tem basicamente dois objetivos: dar um verniz popular às cada vez mais impopulares privatizações e, principalmente, baratear a compra das empresas pelos futuros proprietários, que gastariam menos para controlar as futuras ex-estatais. Na Petrobras, esse controle ficaria a cargo do chamado parceiro estratégico, que passaria a ter assento no conselho de administração da empresa, mecanismo praticado na Cemig pelo tucano Eduardo Azeredo e desativado por Itamar Franco na Justiça. Em ambos os casos, a apologia do capitalismo popular de massas, com milhares de pequenos acionistas participando dos lucros das empresas, serve apenas como pantomina para substituir o desmoralizado slogan de que o Estado tem de privatizar para investir em educação, saúde e segurança. Desta vez, nem a Velhinha de Taubaté deve acreditar.

Desemprego
O senador Saturnino Braga (PSB-RJ), em discurso no Senado na quinta-feira, comentou a reportagem do MONITOR MERCANTIL segundo a qual o desemprego no Brasil atinge atualmente 12,5 milhões de pessoas, “total equivalente ao da grande depressão nos Estados Unidos no começo dos anos 30”. De acordo com a reportagem, publicada em 9 de fevereiro, o problema do desemprego no Brasil está sendo subestimado, em função da manipulação de dados oficiais e da omissão de outros.

Exclusão
O senador Pedro Simon (PMDB-RS) disse que, mesmo com o reajuste que está sendo discutido, o salário mínimo não permite a um trabalhador e sua família viverem com dignidade, “como determina a Constituição”. Simon também criticou a inversão das prioridades no Brasil, país que se tornou a oitava economia do mundo mas convive ainda com “a brutalidade da fome, da miséria e da violência, sem que exista a sensibilidade social necessária para mudar essa realidade”.

Crédito virtual
Saltou de 1,5 milhão, em 97, para 6 milhões o número de clientes do Banco do Brasil com limite de crédito pré-aprovado para obter empréstimo via Internet. Em novembro de 96, o BB colocou à disposição de seus clientes o crédito pessoal automatizado através da rede mundial.

Apagão
O deputado estadual Edmilson Valentin (PCdoB) entrou na semana passada com o pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Alerj, para investigar os péssimos serviços prestados pela Companhia de Eletricidade do Rio de Janeiro (Cerj). O deputado é autor do projeto de lei que permite a eletrificação rural no Estado.

Mal estar
Observadores mais argutos já perceberam: cada vez que o presidente FH reclama de ser chamado de neoliberal fica com a boca seca.

Mundo encantado
Conhecedores dos hábitos da Corte garantem: a decoração que transformou, no fim de semana, o Palácio do Alvorada na casa da boneca Barbie, para comemorar o aniversário de cinco anos de Isabel, netinha de FH, não incluía marionetes do presidente. Também se deve perdoar o alarido. Afinal, criança também gosta de fingir que manda nos outros.

Espaçoso
Além da estética, a rigorosa dieta a que se submeteu o prefeito Luiz Paulo Conde tem motivações, digamos, editoriais. A revelação vem da leitura das edições de “jornalões” dos últimos dias. A nova silhueta tem permitido a Conde ocupar espaço cada vez mais generosos na imprensa “chapa branca”. O tratamento VIP é melhor do que o oferecido por muito spa cinco estrelas.

Isonomia
Sindicalistas de todas as centrais sindicais devem ter se visto com entusiasmo o vitorioso movimentos dos juízes por melhores salários. A principal razão desse sentimento é a certeza de, a partir de agora, o Tribunal Superior do Trabalho (TST), até por coerência, dificilmente vai considerar abusiva qualquer greve dos outros trabalhadores.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRetomar a soberania
Próximo artigoBlefe

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Tesouro: Queda do investimento líquido em ativos não financeiros

O Tesouro Nacional informou nesta sexta-feira que no 2º trimestre de 2021, a necessidade líquida de financiamento do Governo Geral alcançou 7,1% do PIB,...

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...