Mais de 70 empresas chinesas listadas divulgam resultados otimistas

Um total de 77 empresas listadas na bolsa de categoria A desvendaram seus dados de operação nos primeiros dois meses deste ano, em 13 de março, com a maioria apresentando desempenho caprichado nos negócios, informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Funcionários operam na oficina de montagem final de uma empresa automobilística, na cidade de veículos de nova energia de Jinhua, Província de Zhejiang, leste da China, 17 dez, 2021. (Foto por Hu Xiaofei/Xinhua)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 14 mar (Xinhua) — Um total de 77 empresas listadas na bolsa de categoria A desvendaram seus dados de operação nos primeiros dois meses deste ano, em 13 de março, com a maioria apresentando desempenho caprichado nos negócios, informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Na noite de domingo, as estatísticas operacionais destas empresas, em geral empresas líderes do setor, apresentaram atividades crescentes no período, nos setores como veículos de nova energia (NEVs), semicondutores, Baijiu (um tipo de cachaça chinesa) e produtos químicos básicos.

Impulsionadas pelos desempenhos exuberantes de janeiro a fevereiro, os preços das ações das 77 empresas na bolsa de categoria A se recuperaram acentuadamente na semana passada.

As empresas envolvidas na cadeia industrial de NEVs tornaram-se as mais prósperas, pois 11 empresas de NEV listadas na bolsa de categoria A anunciaram crescimentos robustos nos primeiros dois meses, graças à alta prosperidade da indústria.

A Guangzhou Tinci Materials Technology Co., Ltd. (002709.SZ), uma produtora chinesa de química fina, disse que a sua produção e as suas vendas dos seus principais produtos estavam ativas de janeiro a fevereiro, enquanto os setores relacionados ao NEV permaneceram no destaque. A operação da sua capacidade de produção recém-adicionada manteve-se estável, e a taxa de autoprodução das principais matérias-primas manteve na evolução, o que contribuiu para os seus bons resultados operacionais. A empresa embolsou cerca de 3,3 bilhões de yuans de receita nos primeiros dois meses, um aumento anual de cerca de 260%, enquanto o lucro líquido ficou em 860 milhões de yuans, um aumento anual de cerca de 470%.

Além das indústrias citadas acima, carvão, metais não ferrosos, CRO (sigla de Organização de Investigação por Contrato) e outras indústrias segmentadas também demonstraram prosperidades comerciais relativamente atraentes.

Entre as 77 empresas, 29 empresas viram crescimentos anuais dos seus lucros líquidos superiores a 100%, de janeiro a fevereiro.

Como exemplo, Jizhong Energy Resources Co., Ltd. (000937.SZ), Malion New Materials Co., Ltd. (300586.SZ), Beijing Huafeng Test & Control Technology Co., Ltd. (688200.SH), Hangzhou Lion Microelectronics Co., Ltd. (605358.SH), Changsha DIALINE Novo Material Sci. & Tech .Co., Ltd. (300700.SZ), Shanxi Coal International Energy Group Co., Ltd. (600546.SH) e Jiangsu Zhongtian Technology Co., Ltd. (600522.SH) relataram 2-3 vezes de aumento de lucro líquido em comparação com os dados dos dois primeiros meses de 2021.

Com base nos dados promissores de janeiro a fevereiro, os resultados financeiros trimestrais das 77 empresas provavelmente serão otimistas, segundo o relatório. Fim

Leia também:

Empresas listadas chinesas estabelecem fundos para financiamento M&A

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou na sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,48 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

Representante chinês pede coordenação e estabilidade sobre alimentação

Um representante chinês pediu na quinta-feira para que a comunidade internacional trabalhe em conjunto, no objetivo de estabilizar o mercado global de alimentos, garantir suprimentos diversos de alimentos e facilitar globalmente o comércio agrícola.

Envios de celulares na China alcançam 69,35 milhões de unidades no Q1

As remessas de telefones celulares da China tiveram uma queda anual de 29,2%, chegando cerca de 69,35 milhões de unidades no primeiro trimestre deste ano, de acordo com um relatório da Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicações (CAICT, sigla em inglês).

Últimas Notícias

Alta do preço do aço puxa queda no setor de construção

Redução da Tarifa de Importação do Vergalhão do Aço causou discussão no setor.

Três perguntas: NFTs de coleção

Por Jorge Priori.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Rio, petróleo e prosperidade

Por Ranulfo Vidigal.