Mais recursos para a dívida

O Projeto de Lei (PLP) 257 “privilegia o Sistema da Dívida, transforma a União em seguradora internacional de investimentos e garante a remuneração de toda sobra de caixa dos bancos”, analisa a Auditoria Cidadã da Dívida. “O privilégio consta expressamente na exposição de motivos do PLP 257, que explicita o objetivo de “…assegurar a (…) sustentabilidade intertemporal da dívida pública”. O projeto altera o serviço público, em uma reforma administrativa que corta direitos dos servidores da ativa e aposentados. Segundo a Auditoria Cidadã, o PLP leva à privatização da previdência dos servidores públicos, trocada por um sistema de risco, além da restrição do tamanho do serviço público, “afetando toda a sociedade, especialmente os mais pobres, que não possuem outra alternativa de acesso a serviços fora da rede pública”.

O Projeto 257 anda de mãos dadas com a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que pretende engessar o gasto público. São dois dos mais importantes pontos da agenda conservadora, a qual o presidente interino Michel Temer foi encarregado de implementar o mais rapidamente possível, passando por cima do Congresso, se não conseguir cooptar os parlamentares, o que vem tentando com liberação de emendas, obras de baixo valor e nomeações para cargos públicos.

A PEC 241 e o PLP 257 caminham juntos. O PLP ataca estruturalmente o serviço público e os servidores para salvaguardar recursos públicos para pagamento de juros e amortizações da dívida. Já a PEC pretende fazer um planejamento de gastos do Estado, em que os gastos sociais serão congelados e diminuirão drasticamente. Por trás de ambos os projetos está a tentativa de drástica diminuição de gastos do Estado com politicas sociais”, critica Epitácio Macário, 3º tesoureiro do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN).

A responsabilidade dos parlamentares é muito grande, pois todo o dano que está para ser provocado contra milhões de trabalhadores ativos e aposentados, do regime próprio e estatutário, está sendo justificado pela obrigação de destinar mais recursos ainda a uma chamada dívida pública que nunca foi auditada, como manda a Constituição Federal – art. 26 do ADCT”, alerta a Auditoria Cidadã. “Devido aos escândalos, tanto a chamada dívida federal como as dívidas dos estados chegaram a patamares insustentáveis.”

‘Out Temer’

As manifestações na Rio 2016 contra o presidente interino, Michel Temer, ganharam as páginas dos jornais chineses. A agência Xinhua divulgou matéria sobre a “série de protestos” contra Temer, que substituiu a presidente Dilma Rousseff, suspensa do cargo em 12 de maio pelo Senado, aguardando um “julgamento de cassação, que a antiga líder descreve como um ‘golpe de estado’”.

Durante vários torneios, alguns manifestantes apareceram carregando banners em que se podia ler ‘Out Temer’. As forças de segurança confiscaram os banners e, em algumas ocasiões, retiraram os espectadores do estádio”, descreve a matéria.

A ação causou alvoroço no país e levou a um clamor na mídia social, como os brasileiros sentiram que tinha sido violada a sua liberdade de expressão”, continua a Xinhua. “O ex-ministro do STF Ayres Brito disse que restringir os protestos é inconstitucional, exceto no caso de os protestos interromperem partidas.”

Recorde de vírus

Os ataques cibernéticos aproveitando os Jogos Olímpicos começaram nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, segundo o FortiGuard Labs, da Fortinet, que alerta para aumento de ameaças, durante a Rio 2016, usando o esporte como atrativo.

Rápidas

A Alcoa abre inscrições para seu programa de estágio, voltado para estudantes dos cursos de Engenharia, Economia, Administração, Ciências Contábeis e Marketing. As inscrições (pelo site www.alcoa.com.br) vão até 8 de setembro. Podem participar candidatos com formação prevista entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018 *** Admiradores de peças antigas podem contar com um novo espaço até o dia 31 de agosto, em Brasília. A exposição de Arte e Antiguidades está instalada no Pier 21 e funcionará até o fim do mês, todos os dias, de 10h as 22h. http://www.pier21.com.br/ *** A Editora Global Partners lança a coleção Histórias de Sucesso, para mostrar os casos de executivos que ajudaram a construir impérios. O primeiro volume será lançado em 12 de setembro, no espaço Traffô *** “Imersão em Contratos” é tema de curso em 20 de setembro, das 9h30 às 17h30, no Ibef-Rio. Informações: (21) 2217-5566 *** Uma das últimas oportunidades para curtir festa junina este ano acontece no Arraiá do Jardim Guadalupe, sexta e sábado próximos, das 18h às 23h, no primeiro piso do shopping *** A Funarte apresenta a mostra Festivais – Circo, Dança e Teatro – Olimpíadas 2016, com espetáculos e mesas-redondas e oficinas, no período de realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. Todos os eventos têm entrada franca. Informações pelo e-mail [email protected]

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFogo nada amigo
Próximo artigoTransfusão para rentistas

Artigos Relacionados

Rio manda R$ 2,4 tri para União e só recebe R$ 171 milhões

Estado é um dos mais prejudicados da Federação.

Não, a Petrobras não quebrou

Na época em que os preços dos combustíveis não eram descontrolados, caixa da estatal era superior ao atual.

Hood Robin e o ICMS nos combustíveis

Reduzir impostos tira da sociedade para dar a poderosos.

Últimas Notícias

Electrolux lança desafio para arquitetos e designers de interiores

A Archademy, primeiro Market Network de Arquitetura e Design de Interiores do Brasil, abre inscrições para a edição do seu Archathon Electrolux 2022. O...

Gestão do Hopi Hari ganha na justiça e se mantém no parque

A gestão do Parque Temático Parque Hopi Hari acaba de obter decisão favorável, proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para...

Bancos chineses registram compra líquida de divisas em 2021

Os bancos chineses registraram uma compra líquida de divisas em 2021, pois a taxa de câmbio do iuan permaneceu geralmente estável e os fluxos...

RNI: Plano de negócio tem o melhor resultado dos últimos 7 anos

Prévia do 4T21 da construtora e incorporadora RNI, do grupo Empresas Rodobens, indica resultados superiores aos últimos sete anos. A empresa, que completou 30...

Chile quer renacionalizar cobre e bens públicos estratégicos

A campanha pela renacionalização do cobre e dos bens públicos estratégicos entregues às transnacionais durante o governo de Augusto Pinochet (1973-1990) tem sido impulsionada...